Fichamento da obra: trabalho docente na escola fundamental- vitor henrique paro

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1912 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Fichamento do livro:

TRABALHO DOCENTE NA ESCOLA FUNDAMENTAL: QUESTÕES CANDENTES. VITOR HENRIQUE PARO

Uma reformulação da estrutura da escola fundamental com vistas a adequá-la ao oferecimento de uma educação como prática democrática não pode deixar de considerar a forma como se realiza o trabalho docente. (Paro, p.588)

ASSISTENCIA PEDAGÓGICA
No tocante a formação dos professores, hádois equívocos bastante difundidos: [...] O primeiro refere-se á crença de que a causa predominante ou mesmo exclusiva do mau ensino é a qualificação do corpo docente e de que, por isso, basta cuidar dessa qualificação que tudo se resolverá na promoção da qualidade do ensino público. Essa visão ignora que [...] são imprescindíveis condições objetivas de trabalho que ofereçam um mínimo depossibilidade para a atividade docente se realizar. (PARO, p. 589).
O segundo equívoco é atribuir a formação regular, acadêmica, do profissional da educação a culpa pela má qualificação dos professores da rede, deixando de considerar que não são os cursos de pedagogia, de licenciatura e outros cursos de formação de educadores que recrutam os professores para as redes de ensino (PARO p. 589-590).
É sabidoque as ocupações que tem menor prestigio social são aquelas que costumam remunerar com os salários mais baixos. No caso do professor, não se trata somente de o salário ser baixo, mas sim de ele estar enormemente defasado com relação a importância de ocupação, e essa importância é cada vez menos reconhecida pela população. Em termos históricos, quando a função docente era a forma por excelência dese ter acesso ao conhecimento, seu reconhecimento público advinha predominantemente deste fato (PARO p. 591).
Hoje, todavia, a chamada “sociedade do conhecimento” dispõe de uma multiplicidade de meios de informação e difusão de conhecimento, esmaecendo, em certa medida, a antiga proeminência da escola como agência de distribuição do saber (PARO. p. 591).
Quando a escola se fizer um verdadeirocentro educativo, que irradia a cultura em todas as suas dimensões, por meio de métodos adequados a natureza dessa cultura ( portanto reforçadores da condição de sujeitos dos educando), certamente ela será valorizada, não (PARO, p. 589).apenas por sua importância mas também pelo caráter de certa forma único de seu papel (PARO. p. 592).
O ideal seria que os cursos de licenciatura e pedagogia e oscursos de formação do magistério em geral dessem conta de uma formação profissional que capacitasse o futuro mestre a desempenhar com toda perícia e autonomia sua função docente (PARO. p. 593).
Há que se estar atento para o fato de que, em sentido lato, os educadores escolares não se restringem aos professores, diretores e coordenadores pedagógicos [...] mas, todos os que, de uma forma ou deoutra influem por suas ações e condutas na formação da personalidade dos estudantes, como inspetores de alunos, serventes, secretárias, merendeiras, enfim, todos aqueles com os quais os alunos se relacionam em seu dia a dia escolar. (PARO. p. 595).
Os processos de aprendizado e atualização inerentes a uma formação docente em serviço devem fazer parte constante do cotidiano do professor. [...] Outrainiciativa importante, e de certa forma inédita, é o estimulo ou mesmo a institucionalização da avaliação interna do desempeno docente por parte dos próprios professores. A esse respeito, pode-se pensar em duas medidas que se complementam: a auto avaliação e a avaliação recíproca (PARO. p. 597).

CONDIÇÕES OBJETIVAS DE TRABALHO
Concentrar a atenção sobre a formação dos profissionais daeducação [...] como costumam fazer, em seu discurso, as autoridades governamentais responsáveis pelos sistemas de ensino, pode ser uma boa forma de obnubilar os reais determinantes do fracasso escolar, ou seja, as condições objetivas de trabalho (PARO. p. 598).
O professor deve desejar o aprendizado do aluno, esse é seu motivo para ensinar (de levar o educando a querer aprender), seu desempenho será...
tracking img