Fichamento. cibercultura: tecnologia e vida social na cultura contemporânea.

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (324 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Tema:
O processo histórico entre a carta e o jornal.

Autor (es): LEMOS, André.
Título do Trabalho: Cibercultura: tecnologia e vida social na cultura contemporânea.
Título do Capítulo: Onascimento da cibercultura: A Microinformatica.
Intervalo de páginas: 101-115
Local de Publicação: Porto Alegre
Ano de publicação: 2002

Admirei-me muito com escrita detalhada do André Lemos sobre onascimento da cibercultura. Primeiramente ele diz que a interação com as maquinas é dividida em varias fases, passasse pela fase técnico analógica-mecânica, depois a técnico eletrônica-digital e emseguida a interação social.
Segundo LEMOS, no inicio da informática, apenas os matemáticos, ou engenheiros militares usavam o computador, apenas para cálculos ou algo similar, não passando de uminstrumento de trabalho, extremamente difícil de usar. Em seguida é inventado as interfaces gráficas, os menus, as “janelas”, os mouses para os computadores, o tornando extremamente mais fácil de usar(exemplo é o Macintosh, que ganhou grande fama, e consequentemente sucesso) sendo essencial para a popularização dos computadores pessoais, a partir daí, os computadores se tornaram acessíveis, qualquer umpoderia usar. Deixou de ser uma maquina de calcular, se tornou também um meio para criação, comunicação e prazer. Graças a micro informática a democratização do acesso a informação aumenta, o nível deinteratividade cresce e surpreende, e ultrapassa as fronteiras do computador, André Lemos diz que hoje vemos a interatividade em todo e qualquer lugar -e ele tem absoluta razão- temos interatividadena tv, no carro, no smartphone, na nossa própria casa, nós podemos nos conectar na rede através de vários meios, não apenas o computador, tudo esta se tornando interativo. Os limites da interatividadese expande. E podemos dizer que essa “vida interativa e conectada” já faz parte do nosso cotidiano, sendo algo essencial no nosso dia a dia.

"Eles serão comunidades não de localidades comum,...
tracking img