Fichamento antropologia cultural

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1406 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Fichamento: Antropologia Cultural; MELLO, Luiz Gonzaga.

CAPITULO VI : Linhas Gerais do Evolucionismo
1. Linhas Gerais do Evolucionismo
“Na antiguidade clássica os pensadores preocuparam-se com o problema da origem do homem e do universo, do movimento e da transformação.” (p. 200)
“Ainda na antiguidade clássica não faltaram as teoriassobre a evolução e com marcas evidentes de otmismo comrelação ao futuro do humanidade.”(p. 201)
“Na Idade Média nota-se o mesmo diapasão.”(p. 201)
“De modo geral, contudo, pode-se dizer que o germe das teorias evolucionistas que alcançou o seu auge no século XIX está no próprio método científico e na filosofia que o inspirou.” (p. 201)
“Embora nosso interesse específico seja o evolucionismo cultural, nada impede que registremos a presença doevolucionismo na antropologia.” (p.202)
2. O EVOLUCIONISMO CULTURAL: REPRESENTANTES
“Pode-se dizer que o evolucionismo era uma forma otimista de encarar a realidade humana.” (p. 203 – 204)
“Interessava, pois, ao evolucionismo nascente não provar a evolução ou o progresso, mas apenas mostrar como isto acontecia.” (p. 204)
3. O EVOLUCIONISMO CULTURAL: PRICIPAIS CARACTERÍSTICAS
“a) Amplitude do objeto:Note-se que o evolucionismo cultural visava a estudar a cultura.” (p. 207)
“b) O fator tempo: Uma das críticas mais acentuadas feitas à corrente evolucionista está, precisamente, na acusação de que ela não levou em consideração merecida o fator tempo.” (p. 210)
“c) O método comparativo: O método comparativo utilizado pelo evolucionismo decorreu, sem dúvida, da própria adequação do método aoobjeto.”(p. 210)
“d) Principais temas e conceitos: Os principais temas de preocupação dos evolucionistas foram as instituições religiosas e as instituições familiares.” (p. 212)
4. O NEO-EVOLUCIONISMO
“Para os neo-evolucionistas o estudo da evolução cultural é sinônimo do estudo do processo técnico ou tecnológico.” (p. 214)
“[...] não existe diferença substancial entre o evolucionismo primitivo eo neo-evolucionismo.”(p. 216)
“[...] a perspectiva do evolucionismo é universalista e não regionalista.”
5. O EVOLUCIONISMO VISTO POR OUTRO ÂNGULO
“O autor em questão defende que a orientação da nova ciência denominada etnologia foi fruto da história. [...] Contudo, já foi visto que outros autores atribuem o nascimento da etnologia ao fato de grupos intelectuais se terem sensibilizado com asituação precária dos povos colonizados por seus governos constituídos.” (p.

CAPITULO VII – Difusionismo: Escolas Histórico-culturais
1. LINHAS GERAIS DO DIFUSIONISMO
“O Difusionismo, conhecido também como historicismo, engloba várias tendências teóricas da antropologia cultural”. (p. 222)
“Antes de considerar cada escola em partículas, talvez seja proveitoso tecer algumas consideraçõesgerais sobre o período em questão ou, mais especificamente, sobre a mudança de orientação dos estudos etnológicos ocorrida após o arrefecimento do movimento evolucionista e que marcará a constituição da antropologia cultural.” (p. 222)
“a) O difudionismo pode ser visto como um movimento de reação à orientação evolucionista dominante na etnologia desde o seu nascimento.” (p. 222)
“b) O difusionismobusca, antes de tudo, uma explicação histórica para explicar as semelhanças existentes entre as culturas particulares.” (p. 223)
“c) Uma marca forte do difusionismo, em geral, foi a preocupação de tornar os métodos da antropologia cultural mais rigorosos, mais científicos.” (p. 223)
“d) Esta mudança de tática levou a antropologia cukturak a desenvolver várias técnicas de pesquisa,principalmente, a observação participante.” (p. 224)
“e) Em suma, a abordagem histórica na antropologia não só acarretou uma nova interpretação do fenômeno cultural, como foi visto, mas veio convencer seus defensores da necessidade de mudar o próprio sentido ou foco de estudo.” (p. 224)
2. DIFUSIONISMO INGLÊS
“Seu fundador foi o inglês Grafton Elliot que, de início, não passava de um anatomista...
tracking img