Fibras alimentares

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2095 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE DE TECNOLOGIA E CIENCIAS – FTC
DISCIPLINA: BROMATOLOGIA
PROFº : FERNANDA WOLFF
CURSO: NUTRIÇÃO 2AN

ANA RITA
AYALLA MATOS
CLAUDINA PINTO
ÉVILA SOUZA
FERNANDA SANTANA
INGRID SOUZA
ISABELA FERNANDES
ITATIANE CARDOZO
JACIMARA RODRIGUES

FIBRAS ALIMENTARES

ITABUNA – BAHIA
JUNHO- 2011

ANA RITA
AYALLA MATOS
CLAUDINA PINTO
ÉVILA SOUZA
FERNANDA SANTANA
INGRID SANTOSISABELA FERNANDES
ITATIANE CARDOZO
JACIMARA RODRIGUES

FIBRAS ALIMENTARES

Projeto de Pesquisa apresentado à Faculdade de Tecnologia e Ciências de Itabuna como requisito a obtenção do título em Bromatologia.

Orientado pela professora Fernanda Wolff .

ITABUNA – BAHIA
JUNHO- 2011

INTRODUÇÃO

Fibra alimentarou fibra dietética é a parte dos alimentos (vegetais) ingeridos que não é digerida e absorvida pelo organismo para produzir energia. São classificadas em fibra solúvel e insolúvel. As fibras são importantes na alimentação porque aceleram a passagem dos produtos residuais do organismo, absorvem substâncias perigosas (toxinas) e mantém o tubo digestivo saudável. Outro benefício importante da fibraem relação ao trato gastrintestinal, é que ela serve de substrato para formação de ácidos graxos de cadeia curta (AGCC), que fornecem energia para as células intestinais desempenharem bem suas funções.
Verifica-se que vêm ocorrendo mudanças nos hábitos alimentares e na qualidade da alimentação, principalmente nos grandes centros urbanos, comprometendo a ingestão adequada de fibras.Alguns trabalhos demonstram aumento no consumo de alimentos processados e refinados (pobres em fibras) e diminuição na ingesta de alimentos vegetais e integrais, que apresentam altos teores de fibras.
Os pesquisadores Burkitt e Trowell, na década de 70, relacionaram à falta na ingestão de fibras a algumas doenças, dentre as quais se destacam afecções do cólon, constipação e doençassistêmicas (hiperlipidemia, doença cardiovascular, diabete e obesidade). Desde então, muitos trabalhos vêm comprovando os benefícios das fibras para manutenção da saúde e prevenção de doenças.
As pesquisas avançaram também em relação à aplicação clinica das fibras na nutrição enteral, e têm comprovado os benefícios de sua utilização em pacientes que necessitam desse tipo de alimentação.Dentre eles destacam-se a melhora da diarréia, constipação, tolerância à glicose e a lipídios do sangue.

EFEITOS BENÉFICOS DAS FIBRAS ALIMENTARES

• Controlar a motilidade gastrintestinal
• Interferir no metabolismo da glicose e dos lipídeos
• Modular a atividade metabólica das bactérias intestinais
• Influenciar na concentração de componentes tóxicos no lúmen do cólon
• Contribuir namanutenção do equilíbrio do ecossistema do intestino grosso
• Contribuir para a integridade da mucosa intestinal

PRINCIPAIS COMPONENTES DAS FIBRAS ALIMENTARES

Polissacarídeos da parede celular (estruturais)
Celulose: principal polissacarídeos das plantas, insolúvel em água e totalmente hidrolisada pela Celulase. Encontrada em cascas de frutas, farelo de trigo, feijão,soja, ervilha,milho verde, verduras e amendoim.
Hemicelulose: pode ser hidrolisada por ácidos e bases, encontrada no farelo e germe de trigo, milho verde, abóbora, beterraba, mandioca e amendoim. Constituída principalmente D-Xilose, D-Galactose, L-Arabinose.
Pectina : solúveis em água, encontrada no farelo de aveia, soja, lentilha, ervilha, cenoura, frutas cítricas (laranja e limão).Polissacarídeos não estruturais
Hidrocolóides : solúveis em água e formam soluções viscosas ou dispersões em água morna ou quente, são gomas, mucilagens e polissacarídeos provenientes de algas.
Compostos estruturais que não são polissacarídeos
Lignina : extremamente resistente à degradação química e enzimática, encontrada no farelo de trigo, verduras (brócolis, pimentão e amendoim....
tracking img