Fhmss

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2498 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Anhanguera- Uniderp
Centro de Educação à Distância
Polo- Caruaru
Curso: Serviço Social
Disciplina: Fundamentos Históricos e Teórico- Metodológicos do Serviço Social III
Professoras: Ma. A. S. Elaine Cristina Vaz Vaez Gomes
Maria Laura Santos

Os fundamentos Históricos e Teórico- Metodológicos do Serviço Social

Alunas: Damaris dos Santos Tanaka RA344595
Maria Cláudia dos Santos RA 335716
Maria Ivanilza dos santos RA 335717
Maria José Cabral RA 335718
Regilda Maria da Silva RA 335984

Caruaru
2012
Introdução

O presentetrabalho apresentará a importância do profissional do serviço social na atualidade, onde esta profissão passou por várias mudanças e hoje atua junto com uma equipe de multiprofissional para atender as necessidades do sujeito.
O Serviço Social é relacionado ao termo Filantropia quando a mesma é qualificada e reconhecida pela Lei Orgânica da Assistência Social, no qual, atua para inclusão doindivíduo, já o assistencialismo é dado à pessoa que não conhece os seus direitos, permitindo a ser explorado e usado. O Serviço Social por sua vez, é oferecido como direito de todos e dever do Estado.
Vale salientar que o assistente social deve está habilitado para atuar no Setor Público, privado e Terceiro Setor, onde cabe ao mesmo entender e dominar a legislação da área em que atua.

Osfundamentos Históricos e Teórico- Metodológicos do Serviço Social

É nítido perceber o alto índice de crescimento do serviço Social, podendo então afirmar que esse serviço abrange vários setores, atuando em diversos pontos e maneiras. Cabe aqui apresentar alguns pontos onde houve a participação interventiva partindo do ponto de vista prático-teórico, bem como, o controle social pela classe trabalhadora, omovimento expansionista, modelo fordista/taylorista, princípios éticos e religiosos, dentre outros. Ao se falar da existência do Serviço social é indispensável apresentar a relação homem e mundo que se formula na interação homem-natureza, construindo uma sociedade onde o sujeito é o responsável pela história e cultura. Partindo desse pré- suposto podemos afirmar que onde à sujeito à cultura,formulando então uma sociedade que possivelmente haverá demanda e caberá ao profissional de assistência social contribuir, respeitando os limites éticos, morais e religiosos de cada sujeito, visando desenvolver a personalidade e ajustando de maneira consciente o homem ao mundo que o cerca, contribuindo para uma sociedade menos agressiva e desigual.
A relação homem-mundo voltado ao olhar contemporâneovem moldando diversos profissionais inclusive o psicólogo, o assistente social e o docente que lidam diretamente com o comportamento do homem. Portanto, cabe aqui salientar que a dinâmica da existência humana vem se moldando gradativamente o contato desde o contexto familiar até a relação social, essa nova maneira do sujeito tem apresentado muito desentendimento gerando violência, conflitos,prostituição, drogas, dentre outros. Esses pontos mencionados acima são responsáveis por grande sofrimento psíquico que vem dificultando a relação do homem enquanto ser-no-mundo.
Tomando como base a teoria freudiana que aponta o sujeito como ser insaciável, aonde essa incompletude vem formulando uma sociedade da competividade e essa busca vem gerando uma sociedade patológica, onde o sintoma passa aser o sujeito, pessoa essa da geração do individualismo.
Em meios às diversas demandas cabe ressaltar a importância das Políticas Públicas na saúde, educação, segurança e entre outros que pede também a participação do assistente social.
O sujeito contemporâneo tem dado muita ênfase ao capital e consequentemente tem modificado os valores econômicos, políticos, culturais e sociais na vida do...
tracking img