Feudalismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (613 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FEUDALISMO

FATORES DETERMINANTES DO APARECIMENTO DO SISTEMA
1. A crise econômica do Baixo império Romano
- estabelecimento de uma unidade produtiva autônoma baseada na agricultura, pastoreioe eventualmente o comércio baseado em trocas “in natura”: o escambo;
- O trabalho utilizado era o “colonato” com arrendamento e meiação da produção;
- O “precarium” e o patrocinium” peloqual a pessoa livre tornava-se cliente subordinada a um “patrono”;
2. A invasão germânica
- trouxe novo conceito de poder político baseado num contrato de reciprocidade: comitatus;
3. A invasãodos mouros na Península Ibérica
4. A invasão dos normandos na Península Nórdica
5. A invasão dos magiares, vindos do Oriente que atacavam as regiões do Danúbio (Região Central da atual Alemanha).CARACTERÍSTICAS BÁSICAS DO SISTEMA

1. Econômicas
- relação servil de produção, economia natural, e auto-suficiente;
- a terra era considerada a principal fonte de riqueza;
- oservo possuía os instrumentos de trabalho e ligava-se a seu senhor através de obrigações contratuais.
1. Obrigações contratuais
- Captação: imposto per capta pago pelos servos;
-Censo: tributo sobre a renda pago pelos vilões, moradores das vilas;
- Talha: porcentagem sobre a produção do feudo (50%);
- Banalidade: pagamento pela utilização do forno, moinho,prensa, etc;
- Prestações: obrigação do vilão e do servo de hospedarem o Senhor Feudal quando em viagem pelas aldeias;
- Corvéia: trabalho obrigatório prestado nas terras do senhor,semanalmente, variando entre 2 e 4 dias;
- Economia auto-suficiente com eventual comércio “in natura”.
2. Sociais
- Obrigações recíprocas entre suseranos (proprietários da terra e dos bens deprodução) e vassalos (vilões, servos).



GRANDE

NOBREZA

PEQUENA
NOBREZA

SERVOS E

VILÕES





- Estratificação baseada no princípio da hereditariedade não havendo praticamente...
tracking img