Festas da cultura japonesa no brasil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4431 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Introduação
É inegável a influencia dos imigrantes japoneses no aperfeiçoamento das técnicas agrícolas e de pesca, brasileiras. É notável o seu trabalho na no desenvolvimento e aclimatação de vários tipos de frutas e vegetais antes desconhecidos no Brasil, no total trouxeram mais de 50 tipos de alimentos, entre os quais podemos destacar o caqui, a maçã Fuji, mexerica poncã e o morango. Além dosalimentos trazidos pelos imigrantes japoneses no Brasil destaca-se também a grande expansão da avicultura brasileira que só cresceu de vez quando foram trazidas aves-matrizes do Japão e com a experiência dos imigrantes japoneses nas granjas. Além da cultura de alimentos, os japoneses abriram uma porta de entrada para a influência cultural japonesa e pela qual tivemos acesso à culinária, esportes,como o judô, aikidô, jiu-jitsu, caratê, kendo, sumô e o beisebol, que já se práticava antes da chegada dos imigrantes japoneses, mas foi através desses imigrantes que o Beisebol se desenvolveu no Brasil, além, é claro dos Mangás e de seriados de televisão, como os animes e os Tokusatsus.
Os estados da Região Sul e Sudeste do Brasil, como São Paulo, Paraná e outros como Pará e Amazonas, no Norte,receberam de forma direta e neles se pode ver e participar de eventos da cultura japonesa, organizados dela comunidade. Dentre os mais tradicionais locais da cultura japonesa em terras brasileiras, podemos citar o Bairro da Liberdade, que é onde está, nada mais é que a maior colônia japonesa fora do Japão. No Paraná temos cultura japonesa nas cidades de Londrina, Maringá, Assaí, Uraí, Apucarana,Paranavaí, Umuarama e Curitiba.

Bom Odori
Uma das atrações da celebração dos mortos é o bon-odori (dança de finados), dança coletiva feita em torno de um palco, ao som de flauta e taikô. Ela representa a alegria dos mortos ao se livrar do sofrimento do inferno.
Em Gujo-Hachiman, Gifu, o obon é celebrado com danças que duram a noite toda, de 13 a 16 de agosto. O Gujo-odori, como é chamada adança, também é realizado nos finais de semana de julho a setembro. Nas quatros principais noites, o evento chega a reunir 250 mil pessoas na cidade. As coreografias de Gujo são diferentes das coreografias de bon-odori de outras regiões. Elaboradas ao longo de 400 anos, as canções e coreografias refletem a história da região: em Koneko, os dançarinos imitam os gestos do gato, considerado importantealiado, porque caçava ratos que atacavam a criação do bicho-da-seda. Já Harukoma reproduz os gestos dos cavaleiros ao domar potros. Tanto a produção de seda como a criação de cavalos eram importantes fontes de renda da região.
Na província de Tokushima, a atração é o Awa-odori. As coreografias são dançadas em grupos, chamadas ren, entre 12 e 15 de agosto, em cidades como Tokushima e Awa.Participantes de ren usam o mesmo yukata (quimono de verão) e kasa (chapéu de palha), no caso das mulheres, e hanten (veste curta masculina), no caso dos homens. Dados de 2006 mostram que cerca de 960 ren participaram do Awa-odori, reunindo até 1 milhão de participantes. O Awa-odori teria começado em 1586, quando Hachisuka Iemasu, detentor das posses da região de Awa, construiu o castelo de Tokushima,liberando o povo a dançar como quisesse. Assim como o Gujô-odori, foi proibido diversas vezes ao longo da história, mas a tradição popular resistiu e, hoje, ambos os eventos são fortes atrações turísticas e recebem recursos oficiais.
Fonte: http://www.nippobrasil.com.br/culturatradicional/526.shtml
No Brasil o Bon Odori difundiu-se através dos imigrantes japoneses que desejavamdar continuidade às tradições de sua terra natal, cada localidade onde os grupos e famílias de japoneses, foram alocados, acabaram em algum momento criando uma espécie de núcleo cultural improvisado, onde eram discutidos os assuntos de interesse dos imigrantes, geralmente a casa de alguma família. Com o tempo as manifestações culturais afloraram e eram festejadas como na terra natal, gerando até...
tracking img