Festa junina: um projeto de aprendizagem na educação infantil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2520 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Resumo
Refletindo acerca de nossa experiência como estagiários de educação infantil, socializaremos com os demais o trabalho que procuramos desenvolver com crianças de quatro e cinco anos. Expandiremos assim, o diálogo estabelecido apenas entre nós. Trazemos esse relato, pois se trata de uma exigência de obtenção de notas, e mais que isso, acreditamos que os momentos de conversas entre nósacadêmicos/estagiários são de grande valia para as ações pedagógicas e para o nosso crescimento profissional.
Palavras-chave: Projeto; Estágio; Educação Infantil;


* Acadêmica do Curso de Pedagogia- Hab. Educação Infantil / Monitora de educação na escola Maria Montessori.
Email: martinilu@hotmail.com
** Acadêmico do Curso de Pedagogia- Hab. Educação Infantil /Professor de educação infantilna escola Amarelinha.
Email: riqenri@yahoo.com.br

INTRODUÇÃO
Em meados do mês de maio e junho deste ano, realizamos no CEINF Santa Carmélia (Centro de Educação Infantil Lafaiete Câmara de Oliveira) o estágio do curso de Pedagogia- Habilitação em Educação Infantil. Ficamos com o nível III, que conta com crianças de quatro e cinco anos. Foi nesse período, que realizamos o trabalho propostopela diretora da Instituição, este, trata-se de um projeto intitulado: Festa Junina.
Vale ressaltar que nossas experiências anteriores com projetos, foram curtas, e basicamente através de pesquisas bibliográficas, mas sempre percebíamos nas falas de autores o entusiasmo e a participação das crianças, sempre querendo saber, questionar, construir coletivamente, mostrando-nos o quanto eraprazeroso para a criança a realização desse tipo de trabalho. Isso porque, o projeto é uma proposta que parte do cotidiano, das vivências infantis.
Considerando nossas experiências anteriores na área de projetos e estágios, procuramos mostrar que nesse momento da graduação, já desenvolvemos capacidades para conduzir as aulas de maneiras diferentes das tradicionais, e que nada pode ser visto “fora darealidade”.
Dessa maneira, realizamos nosso projeto a partir de tal modo que saísse da mesmice do ensino tradicional. O direcionamento da aprendizagem, na educação infantil, é proporcionando pelo educador que se relaciona com a criança, para que esta vá se apropriando dos códigos sociais,dos símbolos da linguagem, enfim, da cultura do seu grupo (Brasil, 1998).
Nesta perspectiva, entendemos que oprofessor deve instigar, conhecer os limites e aspirações das crianças, ser mediador das relações dentro das salas de aula, apoiador afetivo e organizador dos espaços físicos e das atividades (Oliveira, 1988).
Para tanto, ele pode adotar diferentes estratégias e metodologias. Estes métodos partem, geralmente, da especificidade da criança que está relacionada com atividades, ludicidade,fantasia eimaginação (REDIM, 1988).
Trabalhar partindo do cotidiano infantil é impossível dentro de uma concepção tradicional de educação, onde as respostas são dadas prontas, sem reflexão e sem ação, sem discussões e construção do conhecimento, já que nesse ensino "reina" a memorização de conteúdos, o fazer por fazer pedagógico, onde não se considera a criança como um todo, fragmentando a vida desta emdois momentos: dentro e fora da Instituição educativa. Sem sentido a prática torna-se vazia de significados, sem o desejo de saber mais, de ir além do espaço da sala de aula.

Porque trabalhar com projetos?
O trabalho com projetos possibilita um grande envolvimento na prática cotidiana. O professor com as crianças, vive o processo de construção do projeto. Isso torna possível a constantereflexão sobre a prática pedagógica, articulando as experiências realizadas com o contexto que vivenciam.
Os temas partem das necessidades e desejos do grupo percebidos pelo professor. Esse tem o papel de mediador na sala de aula, ou seja, vai viabilizando e organizando o trabalho através de constantes observações da turma para assim perceber o que está despertando o interesse das crianças.
“O...
tracking img