Fernando pessoa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (484 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
“Mestre, são plácidas”
Ricardo Reis

1. Assunto Neste poema, o sujeito poético dirige-se ao seu “Mestre”, Alberto Caeiro, como que partilhando os seus pensamentos. Há, neste “desabafo”, uma sériede aconselhamentos dirigidos a um “nós”, no qual o sujeito poético se inclui, e, simultaneamente, um conjunto de máximas, que contêm ensinamentos de vida, facto que confere ao texto o estatuto deproposta de uma filosofia geral de vida. (Para estes aspectos contribuem, indubitavelmente, as formas verbais no imperativo e/ou presente do conjuntivo, com valor imperativo/optativo).

2. Relação entrenós” e o Tempo (caracterização) O sentido da relação entre “nós” e o tempo está representado na referência à figura mitológica de “Cronos”, o deus que devorava os filhos: o “Tempo” é assim definidocomo o pai e, simultaneamente, o devorador, aniquilador do “nós”. A consciência do carácter inevitável desse facto exige a aprendizagem da sua total aceitação, por parte do “nós”, de modo a saberconformar-se às leis do tempo (ao devir da vida, à inscrição do tempo em nós: “Envelhecemos”).

3. Valor simbólico da referência às flores, girassóis e rios Estes elementos presentificam a “Natureza”como a realidade com que o “nós” se identifica, tendo cada um deles valores simbólicos. Assim sendo: Flores é representam a vida perecível (mortal); Girassóis (que mudam de orientação, acompanhando omovimento do Sol) é representam a vida iluminada, regida pela luz do Sol; Rios é representam, a passagem das horas, do TEMPO.

4. Importância do vocabulário relativo à ideia de calma Os adjectivos[“plácidas” (v.1), “Tranquilos” (v. 14 e 16), “plácidos” (v.14) , “calmos” (v. 40)] e os nomes [“descanso” (v. 23), “Calma” (v. 42)] tornam recorrente, no poema, a ideia de calma e serenidade. Contribuem,assim, para afirmar a centralidade do tema do sossego absoluto, sem qualquer perturbação, entendido como ideal a atingir na vivência do “Tempo”.

5. Filosofia de vida expressa no poema å É a...
tracking img