Fernando pessoa e seus heteronimos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3691 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Home[->0]|Explicações[->1]|Trab. Estudantes[->2]|Textos de Apoio[->3]|Resumos & Sebentas[->4]|Trabalhos da Net[->5]|Os nossos amigos[->6]|Contactos[->7]|

TRABALHOS DE ESTUDANTES |

Início[->8] » Trabalhos de Estudantes[->9] » Português[->10] » 12º ano[->11]|

Your browser does not support inline frames or is currently ++configured not to display inline frames. |Português - 12º ano FernandoPessoa |
|Cátia SantosEscola E B 2,3/Secundário João Garcia BacelarData de Publicação: 27/10/2006Ver posição deste trabalho no ranking[->12]N.º de páginas visitadas neste site (desde 15/10/2006): [->13]&&&&&&&&&&[->14] SE TENS TRABALHOS COM BOAS CLASSIFICAÇÕES ENVIA-NOS (DE PREFERÊNCIA EM WORD) PARA notapositiva@sapo.pt[->15] POIS SÓ ASSIM O NOSSO SITE PODERÁ CRESCER.|

Fernando PessoaÍndice||||AssuntoIntrodução Fernando Pessoa – BiografiaFernando Pessoa – Ortónimo Autor&Obra Fernando Pessoa – Heteronímia Autor&Obra Modernismo Poesia Conclusão Bibliografia/Referências ||||
IntroduçãoEste trabalho foi realizado no âmbito da disciplina de Língua Portuguesa e tem como tema Fernando Pessoa e a época, tanto cultural como histórica, em que viveu. Com a realização do trabalho pretende-se dar aconhecer um pouco mais sobre um dos melhores poetas portugueses de todos os tempos. Para isso, são desenvolvidos os seguintes temas:ü Biografia do autor;ü Obra (ortónima e heterónima);ü Apresentação e análise de alguns poemas;ü Corrente artística em que se insere.Antes de mais, deve-se saber que Fernando Pessoa foi um extraordinário poeta e uma das personalidades mais complexas e representativas daliteratura europeia do séc. XX. Era dotado de uma grande densidade psicológica, um talento e cultura imensos, era capaz de criar várias personagens, completamente diferentes, tanto a nível de experiência de vida como no modo de escrever ( os chamados heterónimos). Os seus principais heterónimos foram Alberto Caeiro (“O Mestre”), Álvaro de Campos e Ricardo Reis. Pessoa teve alguns aspectos peculiaresna vida: todo o registo de óbito foi escrito na negativa: não deixou bens, nem descendentes nem mesmo testamento, não foi casado, não teve carro, nem diploma de doutor, nem máquina de escrever. Nem um emprego definido nem filiação política nem religiosa. Outro aspecto peculiar era que para Pessoa, os anos terminados em cinco tiveram um significado especial na vida. Durante o século XX surgiu umanova corrente artística, o Modernismo. Fernando Pessoa foi um dos seus grandes defensores e impulsionadores.Fernando Pessoa – BiografiaFernando António Nogueira Pessoa nasceu em Lisboa a 13 de junho de 1888. Pessoa era filho de um modesto funcionário, porém inteligente e culto (foi mesmo jornalista e crítico musical) que morreu tuberculoso em 1893 deixando o filho com cinco anos e a mulher. A mãe,oriunda de família açoriana, era uma senhora de esmerada educação, casou novamente em fins de 1895 com o cônsul português na África do Sul, João Miguel Rosa. Assim, o casal instalou-se em Durban (África do Sul), onde Pessoa estudou, prosseguindo depois os estudos na Universidade do Cabo (1903-04). Quando voltou definitivamente para Lisboa, Pessoa dominava a língua inglesa (e a respectivaliteratura) tão bem, ou melhor, que a materna. Após uma tentativa falhada de montar uma tipografia e editora, “Empresa Íbis — Tipográfica e Editora”, dedicou-se, a partir de 1908, e a tempo parcial, à tradução de correspondência estrangeira de várias casas comerciais, sendo o restante tempo dedicado à escrita e ao estudo de filosofia (grega e alemã), ciências humanas e políticas, teosofia e literaturamoderna, que assim acrescentava à sua formação, determinante na sua personalidade. Matriculou-se no Curso Superior de Letras, porém abandonou rapidamente as aulas. Dedicou-se ao estudo de filósofos gregos e alemães (Schopenhauer, Nietzsche, reflectindo-se depois, na sua obra), leu os simbolistas franceses e a moderna poesia portuguesa (Antero de Quental, Cesário Verde, etc.)Pessoa era retraído,...
tracking img