Fernão mendes pinto

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (329 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Fernão Mendes Pinto

Fernão Mendes Pinto foi um aventureiro e explorador português. Nasceu 1510 em Montemor-o-Velho e morreu em 1583 em Pragal.
Em 1537, parte para a Índia, ao encontrodos seus dois irmãos. De acordo com os relatos da sua obra Peregrinação, durante uma expedição ao mar vermelho em 1538, Mendes Pinto participou num combate naval com os otomanos onde foi feitoprisioneiro, sendo depois vendido a um grego e por este a um judeu que o levou para Ormuz, onde foi resgatado por portugueses.
Hoje sabemos que Fernão Mendes Pinto não fez realmente parte daprimeira expedição portuguesa que tentou alcançar o Japão, em 1542, mas sim de uma das primeiras; os governantes locais que o receberam ainda não tinham visto quaisquer pessoas ocidentais e, porisso, reagiram dizendo-lhe que tinha sido o primeiro a chegar àquele local. A chegada dos portugueses ao Japão foi muito celebrado, e perdura ainda na memória cultural japonesa, porque foi oepisódio que permitiu a introdução das armas de fogo naquele país. O próprio Fernão Mendes Pinto insere-se nesse papel, descrevendo o espanto e o interesse do rei local (daimyo) quando viu um dos seuscompanheiros disparar uma arma enquanto caçava.
Em 1554 começa a trabalhar como noviço da Companhia de Jesus e como embaixador do vice-rei D. Afonso de Noronha junto do daimyo de Bungo, noJapão. Esta viagem constituiu um desencanto para ele, pois descobriu as más intenções do seu companheiro e da Companhia para a qual trabalhava, e, desgostoso, regressa a Portugal. Deixou-nos umrelato de tudo o que viveu no livro a Peregrinação, publicada posteriormente em 1614, 20 anos depois da sua morte. Durante muito tempo não se acreditou na sua veracidade por causa de ser bastantefantasioso; de tal modo que até se fizeram piadas com o seu nome: Fernão Mendes Minto, ou então ainda: Fernão, mentes? Minto!
Em 2011 foi homenageado numa Moeda comemorativa de 2 euros.
tracking img