Feridas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1521 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Feridas: conceito, classificação, tipos de cicatrização, formas de avaliação.
* Lesão ou ferida é uma interrupção ou rompimento na integridade normal da pele e dos tecidos, o que pode variar de um corte pequeno em um dedo da mão até uma queimadura de terceiro grau que cubra quase todo o corpo. Lesões podem resultar de forças mecânicas (como incisões cirúrgicas) ou físicas (como umaqueimadura).
As feridas podem ser classificadas de várias maneiras: pelo tipo do agente causal, de acordo com o grau de contaminação, pelo tempo de traumatismo, pela profundidade das lesões.
* Quanto ao mecanismo de lesão as feridas podem ser descritas como:
* Incisas ou cortantes,
* Contusas,
* Lacerantes ou perfurantes,
* Escoriações,
* Equimoses,
* Hematomas.
GRAU DECONTAMINAÇÃO.
* Limpas
* Limpas-contaminadas
* Contaminadas
* Infectadas
Classificação
* De acordo com a maneira como foram produzidas (cirúrgicas, contusas, laceradas, perfurantes);
* De acordo com o grau de contaminação (limpas, limpas contaminadas, contaminadas, infectadas);
* De acordo com o comprometimento tecidual (estágio I, II, III e IV)
* De acordocom o tempo de evolução: agudas e crônicas
Lesões Agudas e Crônicas
Lesões agudas como incisões cirúrgicas costumam cicatrizar em dias ou semanas. As extremidades da lesão aproximam-se, diminuindo o risco de infecção. Lesões crônicas, ao contrário, não evoluem ao longo da sequência normal de reparação. As extremidades da lesão não costumam se aproximar, aumenta o risco de infecção, e o temponormal de cicatrização é retardado. Lesões crônicas incluem úlceras profundas de pressão e úlceras periféricas vasculares, venosas ou arteriais.
* ESTÁGIO I: Caracteriza-se pelo comprometimento da epiderme apenas, com formação de eritema em pele íntegra e sem perda tecidual.
* ESTÁGIO II: caracteriza-se por abrasão ou úlcera, ocorre perda tecidual e comprometimento da epiderme, derme ouambas.
* ESTÁGIO III: caracteriza-se por presença de úlcera profunda, com comprometimento total da pele e tecido subcutâneo.
* ESTÁGIO IV: caracteriza-se por extensa distribuição de tecido, chegando a ocorrer lesão óssea ou muscular.
Lesões Abertas e Fechadas
Uma lesão aberta decorre de um trauma intencional ou não intencional. A superfície da pele é rompida, fornecendo um portal de entradapara microorganismos. Sangramento, dano aos tecidos e risco de infecção aumentada, juntamente com retardo na cicatrização, podem acompanhá-las.
Lesões não-intencionais
Lesões involuntárias ou não-intencionais resultam de um trauma inesperado, como, por exemplo, acidentes, lesão violenta (como facada ou tiro) e queimaduras. Como ocorrem em ambiente não estéril, a contaminação é provável. Asbordas das lesões costumam se mostrar denteadas, traumas múltiplos são comuns, e o sangramento não é controlado. Esses fatores geram alto risco de infecção e período de cicatrização mais longo.
Lesões Intencionais
A lesão intencional resulta de terapia ou tratamento invasivo e planejado. Exemplos de lesões intencionais incluem aquelas que resultam de cirurgia, terapia intravenosa e punção lombar.As bordas das feridas estão limpas, e o sangramento costuma estar controlado. Como foi causada sob condições estéreis, com material estéril e preparação da pele, o risco de infecção é diminuído, e a cicatrização, facilitada.
Cicatrização
Após ocorrer a lesão a um tecido, imediatamente iniciam-se fenômenos dinâmicos conhecidos como cicatrização, que é uma seqüência de respostas dos mais variadostipos de células (epiteliais, inflamatórias, plaquetas e fibroblastos), que interagem para o restabelecimento da integridade dos tecidos. O tipo de lesão também possui importância no tipo de reparação; assim, em uma ferida cirúrgica limpa, há necessidade de mínima quantidade de tecido novo, enquanto que, por exemplo, em uma grande queimadura, há necessidade de todos os recursos orgânicos para...
tracking img