Fenomenos ondulatorios

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1513 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 31 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Fenómenos ondulatórios

Fenómenos ondulatórios
Quando uma onda electromagnética incide na superfície de
separação de dois meios diferentes pode ocorrer:
Reflexão: ocorre quando a onda ao incidir na superfície, volta
para trás regressando ao mesmo meio;
Refracção: ocorre quando a onda muda de meio óptico, ou
seja, quando a onda atravessa a separação de dois meios;
Absorção: ocorre quandoa onda, ao incidir no meio, deixa de
se propagar;
Nota: A explicação dos fenómenos ondulatórios será feita
recorrendo principalmente ao caso da luz, contudo estes
fenómenos podem ser aplicados a qualquer onda, tal como o
som.

Reflexão da Luz
No nosso dia-a-dia estamos
habituados a ver reflexos, quer
seja uma paisagem reflectida
na água de um lago ou o nosso
próprio reflexo aoespelho:

A Reflexão ocorre quando a luz
que incide numa superfície é
reenviada por essa superfície.

Reflexão Regular e Reflexão Irregular (Difusão) da Luz

Reflexão Regular
ou especular
A reflexão regular
da luz ocorre em
superfícies lisas e
polidas. A luz é
reflectida numa só
direcção.

Reflexão Irregular
ou Difusão da Luz
A reflexão
irregular da luz
ocorre em
superfíciesrugosas. A luz é
reflectida em
várias direcções.

As Leis da Reflexão
Sempre que um raio de luz incide numa superfície
reflectora, é possível prever em que direcção será
reflectido, se soubermos as Leis da Reflexão.
Considere um raio de luz que incide num espelho:
Para prever a direcção do raio reflectido, devemos:
- Traçar uma linha normal (perpendicular) ao espelho
no ponto de incidênciada luz ...

Com o transferidor, medir o
ângulo entre o raio incidente e
a linha normal ...
O raio reflectido estará do
outro lado da linha normal e,
em relação à normal, terá o
mesmo ângulo que o raio
incidente ...

Assim, podemos escrever as Leis da Reflexão -, que
se aplicam a todos os casos em que ocorre a
Reflexão da Luz.
Leis da Reflexão
1.ª Lei - O raio incidente, o raioreflectido e a
normal à superfície no ponto de incidência estão no
mesmo plano;
2.ª Lei - O ângulo de incidência é igual ao ângulo
de reflexão.
Nota: quando uma onda é refletida o seu comprimento de onda
e a sua frequência mantêm-se constantes uma vez que as
ondas mantêm-se no mesmo meio. Contudo a intensidade
diminui porque existe sempre alguma absorção da onda

Aplicação das Leis daReflexão
As leis da reflexão podem sempre ser
utilizadas para prever o trajecto do raio
reflectido, em qualquer situação

8

Algumas aplicações da reflexão
Ecolocalização;
Sonar;
Ecografia;
Estetoscópio;
Sensores de estacionamento nos automóveis;
Radar;

REFRAÇÃO DA LUZ

Quando um raio de luz atinge a superfície de
separação entre dois meios transparentes são
observados osseguintes fenómenos.
• parte da luz é refletida;
• parte da luz é absorvida;
• parte da luz é refratada(atravessa).

Meio 1
.
Meio 2

REFRAÇÃO
É o desvio que a luz sofre ao passar de um meio
transparente para outro.
A refração (desvio) de uma onda é provocado pela
diferença de velocidade da onda nos dois meios.
RAIO
INCIDENTE

Meio 1
.

Meio 2

RAIO
REFRATADO

1

(1)
(2)
2Quanto maior é a diferença de velocidade entre os dois meios,
maior é o desvio da onda.

O que se altera quando a onda muda de meio?
Durante a propagação da onda a frequência
não sofre alteração, mantém-se constante.
Como há variação da velocidade, o
comprimento de onda também se altera para
que a frequência se mantenha constante.

ÍNDICE DE REFRAÇÃO
É definido como a razão entrea velocidade da luz
no vácuo e a velocidade da luz no meio:

c
v

n
RAIO
INCIDENTE

8

3 10 m s
v
RAIO
REFRATADO

1

(1)
(2)
2

LEIS DA REFRAÇÃO – Leis de Snell Decartes
1. O raio incidente, a reta normal e o raio
refratado estão no mesmo plano;
2. O ângulo de incidência e o ângulo de
2.
refração relacionam-se da seguinte
forma:
sen
sen

1
2

n1 sen 1

v1...
tracking img