Fenomenos do transporte

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4091 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Viscosidade, Óleos Lubrificantes e Viscosímetros
Curso de Engenharia
Fenômeno dos Transportes – MEC103
Turma: 403

Matricula: 20091605491

SUMÁRIO
1. Introdução
2. Viscosidade
2.1. O que é viscosidade
2.2. Lei de Newton da viscosidade
2.3. Relação entre viscosidade e a temperatura nos gases e nos líquidos
2.4. Viscosidade de Uma Mistura de Óleos
2.5. Determinação Experimental dasViscosidades
3. Óleos Lubrificantes
3.1. Tipos de óleos lubrificantes
3.1.1 Óleos minerais
3.1.2. Óleos sintéticos
3.2. Composição
3.3. Utilização
3.4. Índice de viscosidade, ponto de fluidez e ponto de fulgor
3.5. Sistema de Classificação: SAE e API
4. Viscosímetros
4.1. Tipos
4.1.1. Por escoamento
4.1.2. Por cisalhamento
4.2. Utilização
4.3. Esquema de funcionamento
5. Descrição daExperiência Laboratorial
5.1. Óleo Testado
5.2. Equipamento Utilizado
5.3. Principais passos para a realização da experiência
6. Gráfico V x T
7. Conclusão
8. Bibliografia

1. INTRODUÇÃO
O relatório se destina como critério de avaliação para GQ2 tendo como tema Viscosidades, óleos e viscosímetros, feito a partir de pesquisa teórica com base em experiência em laboratório no dia 13 deagosto de 2011.

2. VISCOSIDADE

2.1. O que é viscosidade
O É a propriedade física que caracteriza a resistência de um fluido ao escoamento, a uma dada temperatura.[1]
Define-se pela lei de Newton da viscosidade:
.
Onde a constante μ é o coeficiente de viscosidade, viscosidade absoluta ou viscosidade dinâmica. Muitos fluidos, como a água ou a maioria dos gases, satisfazem os critérios deNewton e por isso são conhecidos como fluidos newtonianos. Os fluidos não newtonianos têm um comportamento mais complexo e não linear.
Viscosidade é a propriedade associada a resistência que o fluido oferece a deformação por cisalhamento. De outra maneira pode-se dizer que a viscosidade corresponde ao atrito interno nos fluidos devido basicamente a interações intermoleculares, sendo em geral função datemperatura. É comumente percebida como a "grossura", ou resistência ao despejamento. Viscosidade descreve a resistência interna para fluir de um fluido e deve ser pensada como a medida do atrito do fluido. Assim, a água é "fina", tendo uma baixa viscosidade, enquanto óleo vegetal é "grosso", tendo uma alta viscosidade.

Unidades

No SI, a unidade da viscosidade cinemática ν é m2/s[2]. Nosistema CGS é utilizada a unidade Stokes (St), sendo um Stokes igual a 10-4 m2/s [3] e dada a magnitude do seu valor é preferível utilizar a forma.
A viscosidade absoluta tem como unidade Pa.s (N.s/m2) em unidades do SI[2]. Essa unidade é normalmente expressa em mPa.s dado a sua magnitude. Outra forma conveniente, a partir do sistema CGS é o Poise, sendo um Poise igual a 0,1 Pa.s[3] ou seja, umcentipoise (cP) é igual a 1 mPa.s.

2.2. Fluidos Newtoniano e Não Newtonianos.

- Fluido Não Newtoniano: é um fluido cuja viscosidade varia proporcionalmente a energia cinética que se imprime a esse mesmo fluido, respondendo de forma quase instantânea. Para exemplo temos a mistura do amido de milho com água que, dependendo da energia cinética que recebe, pode ser um sólido ou um líquido,apresentando característica viscosa. Se o movimento que se lhe imprime for rápido esta mistura torna-se um sólido e assim que se cessa o movimento, esta transforma-se novamente em líquido.
- Fluido Newtoniano: é um fluido em que cada componente da tensão cisalhante é proporcional ao gradiente de velocidade na direção normal a essa componente. A constante de proporcionalidade é a viscosidade dinâmica. Nosfluidos newtonianos a tensão é diretamente proporcional à taxa de deformação. Como exemplo, pode-se citar a água, o ar, óleos e outros fluidos com comportamentos "normais", newtonianos.

2.3. Relação entre a viscosidade e a temperatura nos gases e nos líquidos

A viscosidade não é constante, ela varia com a temperatura. Na aplicação em gases e em líquidos se diferem. Nos gases, com o aumento...
tracking img