Fatores críticos para a melhoria contínua em indústrias brasileiras

Páginas: 36 (8978 palavras) Publicado: 22 de setembro de 2011
Produção, v. 21, n. 1, p. 1-13, jan./mar. 2011 doi: 10.1590/S0103-65132011005000008

Fatores críticos para a melhoria contínua em indústrias brasileiras
Pedro Carlos Oprimea,*, Glauco Henrique de Sousa Mendesb, Márcio Lopes Pimentac
*pedro@dep.ufscar.br, UFSCar, Brasil glauco@dep.ufscar.br, UFSCar, Brasil c pimenta@unifei.edu.br, UNIFEI, Brasil
a, b

Resumo
O objetivo deste artigo éidentificar e analisar fatores críticos no desenvolvimento de atividades de melhoria contínua (MC) em empresas industriais brasileiras. Um modelo conceitual de relacionamento entre práticas e resultados foi testado por meio de um survey utilizando uma amostra de 46 empresas industriais. Fatores como: treinamento em ferramentas de solução de problemas, o incentivo a sugestões, a comunicação face a face,visitas ao chão de fábrica e adoção de sistemas de incentivos, se mostraram críticos para alcance de sucesso em atividades de MC. Identificaram pela análise fatorial dois constructos críticos relacionados ao processo de melhoria contínua: 1) a promoção das atividades de melhoria contínua por meio de políticas de incentivos; e 2) o suporte e liderança da alta administração e ativa participação dagerência. Observou-se que há relação estatisticamente significativa entre o uso de técnicas de solução de problemas e mecanismos de incentivos com o desempenho das empresas.

Palavras-chave
Melhoria contínua. Fatores críticos. Análise fatorial.

1. Introdução
A Melhoria Contínua (MC) pode ser considerada como um dos fundamentos dos sistemas de produção baseados nos modelos de gestão daqualidade total, produção enxuta e manufatura de classe mundial. Embora frequentemente seja associada a tais modelos, a MC pode ser implementada como um programa independente, que produz avanços cumulativos nos indicadores de resultados de uma organização. Nesse sentido, a MC é uma importante ferramenta estratégica para aumentar a competitividade de qualquer organização (MARIN-GARCIA; VAL; MARTIN,2008). Caffiyn (1999) conceitua MC como um processo concentrado na inovação incremental que deve envolver toda a organização. Segundo Bessant e Francis (1999), a MC é resultado de três elementos: caminhos, posição e processo. Os dois primeiros estão relacionados ao conjunto de competências que uma organização acumula ao longo do tempo e ao posicionamento em termos de produto/mercado que pretendeadotar. O terceiro elemento diz respeito às rotinas da organização que determinam sua forma de inovar, aprender e renovar. Muitos temas têm sido relacionados à MC. Entre eles, merecem destaque os modelos de organização das equipes de melhoria (AUGSDORFER; HARDING, 1995; DABHILKAR; BENGTSSON, 2004); a formação de habilidades dos membros das equipes de melhoria (BESSANT; FRANCIS, 1999; JABNOUN, 2001;LEE, 2004; ABRAHAMSSON; GERDIN, 2006); o relacionamento entre MC e sistemas de gestão da qualidade (CHAPMAN; HYLAND, 1997; HYLAND et al., 2000); a utilização de mecanismos de suporte e ferramentas (DELBRIDGE; BARTON, 2002); o uso de indicadores de desempenho e sistemas de informação como suporte às atividades de MC (BECHET; WAINWRIGHT; BANCE, 2000). A identificação de fatores críticos quepositivamente influenciam o resultado das ações de MC tem sido estudada por Atkinson (1994) e
*UFSCar, São Carlos, SP, Brasil Recebido 18/11/2009; Aceito 26/05/2010

2

Oprime, P. C. et al. Fatores críticos ... em indústrias brasileiras. Produção, v. 21, n. 1, p. 1-13, jan./mar. 2011

Marin-Garcia, Val e Martin (2008). Entretanto, muitas organizações têm encontrado dificuldades para, de formaefetiva, implementar esse conceito. A bibliografia desse tema sugere que mais pesquisas empíricas devem ser conduzidas para identificar os fatores que realmente contribuem para o sucesso das atividades de MC e, consequentemente, para o próprio desempenho da organização. A proposta deste artigo é:
• Analisar o impacto dos meios e técnicas utilizadas no apoio e suporte à identificação de problemas nos...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • melhoria continua
  • MELHORIA CONTINUA
  • melhoria continua
  • Melhoria continua
  • Melhoria continua
  • Melhoria continua
  • Melhorias continuas
  • MELHORIA CONTÍNUA

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!