Fases do modernismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1526 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Trabalho referente aos escritores da 3ª fase modernista: Clarice Lispector, Guimarães Rosa e João Cabral de Melo Neto.
Sumário
Introdução__ p. 03
Clarice Lispector – escrita selvagem, fluxo de consciência__ p. 03
Universalismo__ p. 04
Guimarães Rosa e novidade na linguagem__ p. 04
Regionalismo e universalismo, amor e ambiguidades e travessia_ p. 05
João Cabral de Melo Neto__ p. 05

Aterceira geração modernista é marcada pela intensa pesquisa e renovação estética das formas de expressão literária, mesmo assim essa geração não rompe com as conquistas modernistas passadas. Nessa fase do modernismo os temas se tornam mais universais e os textos são marcados pelo racionalismo e pelo trabalho artesanal ao invés da inspiração.

* Clarice Lispector: os textos escritos por ClariceLispector são marcados pela profundidade das personagens, suas obras são reflexivas e psicológicas.
* Escrita selvagem: a densidade da escrita selvagem da autora faz com que a literatura seja separada em dois períodos – A.C (antes de Clarice) e D.C (depois de Clarice) – Com sua obra inaugural Perto do Coração Selvagem, Clarice surpreendeu a crítica com uma escrita existencialista e inovadora, ecom uma técnica de estilo solto, elíptico e fragmentário. Essa técnica se tornou uma marca da autora estando presente em todas as suas obras.
“Ah, Deus, e que tudo venha e caia sobre mim, até a incompreensão de mim mesma em certos momentos brancos porque basta me cumprir e então nada impedirá o meu caminho até a morte-sem-medo, de qualquer luta ou descanso me levantarei forte e bela como umcavalo novo.” (fragmento da obra Perto do Coração Selvagem de Clarice Lispector).
* Fluxo de consciência – epifania: a epifania é uma marca registrada dos escritos de Clarice Lispector, de fatos cotidianos e bobos, surgem grandes reflexões filosóficas por parte das personagens, ao final dessas reflexões a personagem segue com a lição aprendida devido ao fato “caótico” que vivenciou. Um exemplodessa epifania está no livro A Paixão Segundo G.H, onde a história se desenvolve a partir do momento que a protagonista G.H se depara com uma barata em sua casa, esse evento que parece ser banal gera uma série de reflexões que perduram por toda a obra.
“O apartamento me reflete. À no último andar, o que é considerado uma elegância. Pessoas de meu ambiente procuram morar na chamada “cobertura”. À bemmais que uma elegância. À um verdadeiro prazer: de lá domina-se uma cidade. Quando essa elegância se vulgarizar, eu, sem sequer saber por que, me mudarei para outra elegância? Talvez. Como eu, o apartamento tem penumbras e luzes úmidas, nada aqui é brusco; um aposento precede e promete o outro. Da minha sala de jantar eu via as misturas de sombras que preludiavam o living. Tudo aqui é a réplicaelegante, irínica e espirituosa de uma vida que nunca existiu em parte alguma: minha casa é uma criação apenas artística.
Tudo aqui se refere na verdade a uma vida que se fosse real não me serviria. O que decalca ela, então? Real, eu não a entenderia, mas gosto da duplicata e a entendo. A cópia é sempre bonita. O ambiente de pessoas semi-artísticas e artísticas em que vivo deveria, no entanto, mefazer desvalorizar as cópias: mas sempre pareci preferir a paródia, ela me servia. Decalcar uma vida provavelmente me dava ” ou dá ainda? até que ponto se rebentou a harmonia de meu passado? -, decalcar uma vida provavelmente me dava segurança exatamente por essa vida não ser minha: ela não me era uma responsabilidade.
O leve prazer geral ” que parece ter sido o tom em que vivo ou vivia ” talvezviesse de que o mundo não era eu nem meu: eu podia usufruí-lo. Assim como também aos homens eu não os havia feito meus, e podia então admirá-los e sinceramente amá-los, como se ama sem egoísmos, como se ama a uma ideia. Não sendo meus, eu nunca os torturava.
Como se ama a uma ideia. A espirituosa elegância de minha casa vem de que tudo aqui está entre aspas. Por honestidade com uma verdadeira...
tracking img