Fases do capitalismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1543 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Fases


do


capitalismo




























Goiânia, 17, de maio de 2012.








TEMA: FASES DO CAPITALISMO




INDICE



A origem do capitalismo.............................1


Capitalismo comercial.................................2Capitalismo industrial...................................3


Capitalismo financeiro..................................4


Capitalismo informacional.............................5


CONCLUSÃO................................6


BIBLIOGRAFIA..............................7





INTRODUÇÃO


Nesse trabalho que apresentaremos a seguir, demonstrará um dos mais importantes períodos dahistória da humanidade: As quatro fases do capitalismo. Nesse tema abordado poderemos observar que a cada momento, cada fase, que esse sistema passou foi essencial para que se estruturasse o sistema da forma que temos hoje. Essas quatro fases que iremos abordar de maior forma ajudou a criar bens para muitos, e contribuir drasticamente para a evolução tecnológica, industrial, agrícola, e do mundoem geral, também causou guerras, mortes, e uma imensa destruição ambiental, como conseqüência desse desenvolvimento.
ESSAS FASES SÃO:
Primeira Fase: Capitalismo Comercial
Segunda Fase: Capitalismo Industrial
Terceira Fase: Capitalismo Financeiro
Quarta Fase: Capitalismo informacional


A origem do capitalismo
A sociedade capitalista foi gestada em meio à dissolução da ordem feudal,particularmente na Inglaterra e o noroeste europeu mais desenvolvido (nos demais países a dissolução do feudalismo deu lugar a estados absolutistas, onde as revoluções burguesas adviriam quase dois séculos depois da inglesa, de 1640-60). O enfraquecimento da relação de servidão e  darenda como relação de produção predominante, e a concomitante expansão da produção de mercadorias acabou porquebrar o isolamento dos feudos e levou à formação de um mercado unificado dentro do arcabouço institucional do Estado-nação burguês. Inicialmente as utopias construídas a partir da idéia de abolição da servidão preconizavam uma sociedade organizada sob a égide do interesse coletivo, de cunho socialista. No entanto, as revoltas populares inspiradas nessa idéia foram derrotadas (das guerras camponesaseuropéias à liquidação dos Levellers na Inglaterra) e acabou se implantando um processo diametralmente oposto: a eliminação das terras comunais através dos cerceamentos e sua transformação em propriedade com o conseqüente assalaria mento dos trabalhadores, que veio a ser a nova relação de produção predominante.

Capitalismo comercial
Essa etapa do capitalismo se estendeu do século XVaté XVIII. Houve uma expansão de potencias, como Espanha e Portugal, que tinham como objetivo descobrir uma nova rota para as Índias, e tirar a supremacia da Itália no comércio com o Oriente, através do Mediterrâneo. Foi uma época marcada por Grandes Navegações e descobrimentos, mas também de escravidão e genocídios de muitos nativos da América e África. Os europeus comandaram esse processo decolonização e exploração.
Esse termo capitalismo comercial se deu porque o acúmulo de riquezas ocorreu por meio do comércio. A economia nesse período funcionava sob a intervenção governamental, pois promover e aumentar o poder do Estado. A riqueza e o poder de um país eram medidos pela quantidade de ouro, prata e pedras preciosas.
Durante o capitalismo comercial tudo que pudesse servendido como lucro virava mercadoria na mão dos comerciantes europeus. O negócio mais lucrativo foi o tráfico de escravos negros.
Essa fase foi fundamental para se desenvolver o capitalismo, pois permitiu o grande acúmulo de capitais na mão da burguesia européia. Essa acumulação inicial de capitais criou condições, no Reino Unido e depois em outros países, para que ocorresse a Revolução...
tracking img