Farmacologia dinamica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 32 (7835 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Veterinarian Docs
www.veterinariandocs.com.br

Farmacologia Dinâmica

Introdução à Farmacologia do Sistema Nervoso
-Neurônio e as Células Gliais:
Partes do Neurônio: corpo celular (núcleo, retículo endoplasmático rugoso,
aparelho de Golgi, mitocôndrias), dendritos e axônio.
O SNC é constituído por neurônios e células não-neuronais (vasos sanguíneos,
meninges e as células gliais.
Ascélulas da glia cumprem a função de sustentar, proteger, isolar e nutrir os
neurônios. E estas células da glia podem conter vários mediadores químicos e canais
iônicos, sugerindo que elas possam também estar ativamente envolvidas na
transferência e integração de informações. As células da glia são divididas em dois
grandes grupos: a macróglia (astrócitos e oligodendrócitos) e a micróglia.*Astrócitos: faz a separação física dos vários neurônios e destes em relação a
vasculatura local, modula o microambiente iônico e metabólico e regula a atuação dos
neurotransmissores (restringindo a difusão destes quando liberados). Possuem proteínas
especiais que removem os neurotransmissores da fenda sináptica.
*Oligodendrócitos: são responsáveis pela formação da bainha de mielina que recobre osaxônios, possibilitando o aumento da velocidade de condução do potencial de ação.
*Micróglia: é composta de células pequenas, que proliferam-se após uma injúria ou
degeneração
Barreira Hematocefálica: composta pela parede dos vasos sanguíneos e é
envolvida pela glia. Esta impede que muitas substâncias químicas atinjam o SNC.
Somente agentes muito lipossolúveis penetram no SNC com facilidade,pois conseguem
atravessar a barreira. Substâncias químicas que podem atravessar a barreira são aquelas:
-Lipossolúveis
-Transportadas através das paredes celulares por canais iônicos (Ex.:
GABA)

1
www.veterinariandocs.com.br

-Que passam por processo de endocitose
-Mediação Química:
Os sinais nervosos são transmitidos de um neurônio para o seguinte através de
sinapses. Existem doistipos de sinapses (químicas e elétricas).
*Sinapses Elétricas: permitem a transferência direta da corrente iônica de uma célula
para outra. Essas sinapses ocorrem em sítios especializados, denominados „junções
gap‟.
*Sinapses Químicas: há membranas pré e pós-sináptica que são separadas entre si,
formando a fenda sináptica. A passagem do impulso nervoso nessa região é feita por
substânciasquímicas (neurotransmissores), que são liberadas na fenda e podem se ligar
a receptores na membrana no próximo neurônio, excitando-o ou inibindo-o.
Interconexões Neuronais do SNC:

Neurotransmissores e Neuromoduladores Centrais:
A maioria dos neurotransmissores situa-se em três categorias: aminoácidos,
aminas e peptídeos.
Os neurotransmissores aminas e aminoácidos têm como local de síntese oterminal do axônio e é feita a partir de precursores metabólicos ali presentes.
Os neurotransmissores peptídeos têm como local de síntese o retículo
endoplasmático rugoso do corpo celular e após serem sintetizados são clivados pelo
aparelho de Golgi (transformando-se em neurotransmissores aitvos)
A transmissão sináptica na maioria das sinapses do SNC é mediada pelos
neurotransmissores aminoácidos(glutamato, GABA e glicina).
Os principais neuromoduladores (possuem efeitos mais prolongados) são as
monoaminas (noradrenalina, dopamina e serotonina) e os peptídeos (colecistocinina,
endorfinas, encefalinas)

2
www.veterinariandocs.com.br

Aminoácidos

Aminas

Peptídeos

GABA

Acetilcolina (Ach)

Colecistocinina

Glutamato

Dopamina (DA)

Endorfinas

GlicinaAdrenalina (A)

Encefalinas

Noradrenalina (NA)

Neuropeptídeo Y

Serotonina (5-HT)

Somatostatina

Histamina

Substância P

Transmissores Excitatórios: Glutamato e Aspartato
Transmissores Inibitórios: Glicina
Receptores Ionotrópicos: GABAA, NMDA, Glicina (semelhante ao nicotínico e
permeável ao Cloro e também é um co-modulador de receptor NMDA)
Receptores Metabotrópicos:...
tracking img