Farmacocin Tica Na FArmacoterapia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1311 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de junho de 2015
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE PAULISTA UNIP
DISCIPLINA FARMACOTERAPIA
Prof. Dr José Eduardo Gonçalves

Farmacocinética na Farmacoterapia
Princípios de Farmacocinética devem ser empregados na rotina da Atenção Farmacêutica, com o objetivo de permitir adequado seguimento farmacoterapêutico, bem como a promoção do uso racional de medicamentos. Informações sobre a disposição cinética de fármacos, geralmente contidasem compêndios, bases de dados e na bula de medicamentos, devem ser empregadas para garantir uma terapia segura e efetiva de pacientes ambulatoriais e hospitalizados.
Além disso, a compreensão da importância clínica dos parâmetros farmacocinéticos por profissionais farmacêuticos permitirá a participação ativa desse profissional na dispensação e no acompanhamento farmacoterapêutico, a fim de obterresultados que melhorem efetivamente a qualidade de vida de pacientes.
PRINCÍPIOS DE FARMACOCINÉTICA APLICADOS À FARMACOTERAPIA
2.1 Absorção
Após a administração oral, a absorção de um determinado fármaco somente ocorre após a sua completa dissolução no sistema gastrintestinal. Assim, a correta orientação para a administração de fármacos em jejum ou pós-prandial se apresenta como um dos fatoresdeterminantes do sucesso terapêutico, já que, após a absorção, o fármaco estará disponível na corrente sanguínea para atuar no tecido alvo. Fármacos que apresentam elevada lipossolubilidade (alto valores de cLogP) geralmente são melhor absorvidos em situação pós-prandial, já que a liberação de sais biliares no intestino favorece a solubilidade de tais substâncias. Como exemplo citam-se os fármacosalbendazol, isotretinoína, lovastatina, propafenona, griseofulvina, cetoconazol e itraconazol. Entretanto, alguns fármacos, se administrados concomitante aos alimentos podem ter sua absorção prejudicada, como é o caso de fármacos pouco lipossolúveis, como os bifosfonatos ou fármacos que interagem com íons (presentes em carnes, leite ou antiácidos), como as fluoroquinolonas (SINGH, 1999).
Algunsfármacos apesar de pouco lipossolúveis são administrados com alimentos com o objetivo de diminuir desconfortos gastrintestinais, como é o caso da metformina (ATANASOVA, 2003). Outros fármacos, como o atenolol e o alendronato, são administrados em jejum devido à alta hidrossolubilidade, visto que a alimentação pode diminuir a absorção de tais fármacos pelo fato de formar uma barreira física quecompromete a permeabilidade de tais substâncias (FLEISCHER, 1999).
Assim, para uma adequada farmacoterapia, as orientações presentes nas bulas dos medicamentos quanto à forma de administração devem ser corretamente observadas, já que tais dados provêem de estudos Fase 1 que avaliam a biodisponibilidade dos fármacos em situações de jejum e pós-prandial.

2.2 Distribuição
O parâmetro volume dedistribuição é empregado para avaliar o acesso do fármaco a diferentes tecidos. Assim, quanto maior o valor desse parâmetro (e mais lipossolúvel o fármaco), maior será a distribuição do fármaco no organismo em relação à quantidade presente na corrente sanguínea. Fármacos antihistamínicos que apresentam alto valor de volume de distribuição, geralmente penetram mais no sistema nervoso central, e, desta forma,causam maior sedação. Esse é o caso da dexclorfeniramina, cujo Vd é igual a 3,8 L/kg. Por outro lado, antihistamínicos que apresentam valores menores de volume de distribuição, por serem menos lipofílicos, penetram com maior dificuldade no sistema nervoso central, e, assim, causam menor sedação. Como exemplo tem-se a cetirizina (Vd = 0,4L/kg), levocitirizina (Vd = 0,4L/kg) e a loratadina (Vd =2,5L/kg ).
No caso das estatinas, a alta lipossolubilidade e, consequentemente, o alto valor do parâmetro volume de distribuição, foi uma das causas da retirada do mercado mundial, em 2001, do fármaco cerivastatina (FURBERG, 2001). Tal fármaco, por penetrar de forma extensa no organismo, se acumulava no tecido muscular causando miotoxicidade (rabdomiólise). Dentre as estatinas, a que apresenta...
tracking img