Familia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 45 (11155 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de fevereiro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO

VALORES DA FAMÍLIA

“O futuro da sociedade passa pela família”.

Casamento - do lat. medieval casamentu significa ato solene de união entre duas pessoas de sexos diferentes, capazes e habilitadas, com legitimação religiosa e/ou civil.
Família - do lat. familia significa pessoas aparentadas, que vivem, em geral, na mesma casa, particularmente o pai, a mãe e os filhos.
Divórcio- do lat. divortiu significa dissolução do vínculo matrimonial, ficando os divorciados livres para contrair novas núpcias.
A família é a primeira comunidade da raça humana. Ela surgiu antes de todas as instituições. Antes que se formassem os povos e as nações. Ela é o núcleo básico da sociedade.
Apenas a título de amostragem podemos dizer que a família é tão importante que, quandoDeus resolveu mandar Seu Filho ao mundo, antes preparou uma família, pedindo o ''sim'' de Maria e a colaboração de José. A família é o lugar privilegiado para se viver o amor. É a janela pela qual se olham as cores do mundo. Nela são latentes as maiores forças da sociedade, sob todos os pontos de vista. É na família que se formam as personalidades. É na família que se compreende a grandiosidade doperdão, da hospitalidade, do respeito pela vida. É na família que se descobre o poder insuperável da humildade e o valor sem preço do serviço aos outros. É por isso que João Paulo II proclama, com toda a razão: “O futuro da sociedade passa pela família”.
Nenhuma sociedade consegue evoluir se renunciar a valores superiores como a vida e a família. Nenhuma sociedade consegue evoluir serenunciar a valores superiores, e entre os valores superiores está o valor da vida e o valor da família.
No mundo ocidental, atualmente, as famílias em geral, são constituídas por pai, mãe e filhos que moram numa mesma casa. Até há alguns anos, os casais mantinham-se unidos por toda a vida. Com o advento do divórcio, as separações e os novos casamentos com filhos das novas uniões tornaram-sefreqüentes.
Quaisquer que sejam as circunstâncias, porém. A família é, de modo geral, a unidade responsável por colher os seres que chegam a este mundo, oferecendo os cuidados físicos e psicológicos necessários para seu crescimento.
Diferentes de todos os animais, que logo nos primeiros dias de vida já conseguem sobreviver sozinhos, os seres humanos dependem, por muito tempo, de auxílioexterno.
Mas não é só ensinar regras o papel da família. É dela que vem o amor e o cuidado que nos fazem sentir queridos e seguros para enfrentar a vida.
A alegria de participar da continuidade da vida por meio da concepção de um filho, o amor pela criança que chega , o desejo de ajudá-la a crescer saudável e feliz, a proteção e o apoio sempre que necessários, o encorajamento ao seuprogresso, o estímulo a suas conquistas ( por meio de gestos, palavras, sorrisos ou carinhos. A bronca e até o castigo, que as vezes é preciso... Tudo isso e mais um pouco é necessário para termos aquela sensação gostosa de que é bom viver; é bom estar aqui, aprendendo coisas, conhecendo gente, lugares, enfrentando desafios.
Esta é a família ideal ( aquela que nos ama e nos aceitaincondicionalmente, que serve de base para a nossa confiança em nós mesmos e na vida, e que assim promove o nosso desenvolvimento.
Será que todas famílias são assim?
Claro que não. Ainda não. A humanidade ainda esta aprendendo todas essas coisas. Só em meados do século, a Psicologia começou a divulgar a importância do ambiente familiar no desenvolvimento psicofísico das crianças. E nem mesmoagora, no final do século, todas as famílias têm acesso a essas informações.
Dessa forma, as crianças vão sendo criadas meio no improviso. Com mais ou menos atenção as suas necessidades de afeto, segurança, aceitação e reconhecimento, dependendo de maior ou menor boa vontade ou bom sendo dos pais.
Hoje, quase todas as crianças recebem vacinas ( a muitas e muitas, porém, ainda faltam...
tracking img