Familia e sociedade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4146 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução

A família nesse contexto é o foco do nosso estudo.Nesta leitura você leitor terá uma visão das mais diferentes tipos de famílias e suas transformações econômicas políticas e sociais.Tudo baseado em relatos pessoais onde você verá os fatos de pessoas que enfrentam essas transformações de diversas formas.Á TODOS UMA BOA LEITURA.

Etapa 2-Transformações econômicas na família



A família é unidade básica da sociedade formada por indivíduos com ancestrais em comum ou ligados por laços afetivos. O conceito de família tem evoluído aolongo dos tempos, quer nas suas funções enquanto sistema quer nas funções de cada elemento que a compõe. A família tem sofrido transformações que ocorrem devido às mudanças sócio-culturais e tecnológicas cujas variáveis ambientais, sociais, econômicas, culturais, políticas e/ou religiosas têm vindo a determinar as distintas estruturas e composições da família.
O conceito de família não é tãofácil de caracterizar. Tal fato surge por a família ser a instituição mais antiga e primordial e também por a sua forma de estruturação ser determinada pelos aspectos culturais e pelas hierarquias axiológicas de cada sociedade. Existe cada vez mais um distanciamento do conceito tradicional de família, sendo que a família tradicional apresentava-se com uma imagem de “grupo instrumental, mobilizado paraa sobrevivência de um grupo mais numeroso e fortemente orientado pela lógica da transmissão de herança” garantindo deste modo, a sua continuidade; enquanto que a família dos nossos dias se apresenta através de uma valorização da vida emocional e afetiva; no entanto, “historicamente, (...), a família dispõe de um modo de funcionamento ímpar – o amor – algo que não se adquire nas prateleiras dequalquer super ou hipermercado e/ou centro comercial, mas supõe, idealmente, a gratuidade e a incondicionalidade”
A família vem-se transformando através dos tempos, acompanhando as mudanças religiosas, econômicas e sócio-culturais do contexto em que se encontram inseridas. Esta é um espaço sócio-cultural que deve ser continuamente renovado e reconstruído; o conceito de próximo encontra-serealizado mais que em outro espaço social qualquer, e deve ser visto como um espaço político de natureza criativa e inspiradora. Assim, a família deverá ser encarada como um todo que integra contextos mais vastos como a comunidade em que se insere. Nesse sentido, o tema família juntamente com o conceito de diferença, seja cultural ou histórica, requer um olhar atento afim de refletir sobre a formaçãohistórica e entender e respeitar as diferenças existentes entre as formas de representação e organização familiar. É um tema de total relevância para ser problematizado no contexto social, com vistas à superação de intolerâncias e desrespeito por outros modelos familiares.

Novas Configurações de família

Conviver com oito avós, irmãos, meio irmãos, a mulher do pai, filhos do marido da mãe sãodesafios comuns a crianças, jovens e adultos de nosso tempo. As configurações familiares estão mudando ou, pelo menos,multiplicando-se em famílias separadas, recasadas,monoparentais, socioafetivas e homoafetivas.Os formatos trazem desafios para áreas como a Psicologia, a Assistência Social, a Saúde,o Direito e a Educação. Neste contexto, como o tema pode ser tratado em consultórios psicológicos?Qual o conceito de família presente nas diversas políticas públicas, como o Sistema Único de Assistência Social ou o Programa de Saúde da Família?
Elizabeth Zambrano, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, afirma que a parentalidade homossexual, travesti e transexual coloca para a psicanálise a necessidade de inserir todas as possibilidades dentro do seu corpo teórico,relativizando...
tracking img