Família e sociedade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1377 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE ANHANGUERA - UNIDERP

CURSO DE SERVIÇO SOCIAL-EAD

RELAÇAO FAMILIA E SOCIEDADE

DEFINIÇAO E DEBATE SOBRE FORMAS DE CONTATO E LIMITES NO

TRABALHO COM FAMILIAS E SEUS MEMBROS

RIBEIRAO PRETO – SÃO PAULO

2011

Família: Demandas para o Serviço Social (Jéssica Caroline Medeiros Silva)

O texto aborda os temas, sobre a função social da Família, e a atuação do ServiçoSocial sobre esta demanda.

A família é uma instituição social e não só uma concepção natural com pai, mãe e filhos (família nuclear).

O vínculo afetivo familiar nem sempre esteve ligado, antigamente a mulher eram só procriadora, amor e sexo não eram vinculados, heterossexualismo era dominante, em cada momento histórico a família teve sua configuração e sua função de acordo de acordo com aideologia da época. Hoje a família tem o propósito de dar base aos seus membros diante da sociedade nas relações sociais capitalistas.

A família é construída pelo processo histórico, junto com a economia, através de políticas sociais, amor, casamento, sexualidade, relações de gênero e etária, papeis sociais, relações jurídicas, religiosas e outros.

A família no contexto da sociedadeenfrenta a exclusão social, através do modo de produção capitalista, de sua etnia, deficiência física, vulnerabilidade e outros.

Hoje com as novas estruturas familiares, foram geradas funções sociais como apoio e proteção de todos os seus membros, ser o mediador entre o sujeito e a coletividade.

As famílias nem sempre conseguem realizar suas funções sociais e também precisão de cuidados,muitas vezes os problemas surgem na sociedade e se refletem dentro da família, e é ai que o surge a Questão Social como demanda para o Serviço Social.

O Assistente Social tem que agir com de uma forma transformadora, buscando emancipação e auto-desenvolvimento do usuário e da família a qual se insere, fazendo assim a família cumprir sua função social.

O profissional deve desnaturalizar todaforma de descriminação, garantindo os direitos dos cidadãos e contribuir com a Justiça e Equidade Social, tem sempre que lutar pela participação social, emancipação, autonomia (ética, política, moral, cultural), desenvolvimento dos sujeitos sociais, e principalmente pela ampliação dos direitos sociais e da cidadania, o profissional tem sempre que ter um conhecimento sobre a atual situação, umposicionamento crítico, usar toda metodologia de intervenção, sempre cumprindo seu Código de Ética.

Trabalhando com famílias: um desafio para o Assistente Social (Regina Célia Tamaso Mioto)

O trabalho do Assistente Social com as famílias, sua prática profissional.

Este trabalho com as famílias tem se tornado preocupante para o profissional, pois a relação familiar tem sido conturbadaentre a sociedade, o Estado, e o Mercado.

O Assistente Social tem a família como objeto de intervenção, mas muitas vezes só enumera seu atendimento, não tem o devido conhecimento sobre a família com a qual trabalha, atua de forma única, usa de um processo de intervenção somente com um atendimento direto.

Essas características de trabalho mostram as ações arcaicas e enraizadas culturalmentedo que o fundamento téorico-metodológico da profissão, da profissão, dessa maneira não se trata a desigualdade só pacifica a situação.

A falta de aplicação teórica-metodologica correta dos profissionais tem feito com que o profissional não cumpra o projeto ético-político do Serviço Social.

Com a falta de atuação crítica, e uma intervenção qualificada, tem se trabalhado sobre uma atuaçãosócio-historica do Serviço Social.

O Assistente Social tem trabalhado fora das técnicas oferecidas em sua grade curricular, levando o trabalho para varias áreas de atuação como a sociologia através de estudos sociais.

As demandas para o Assistente Social requer personalização e flexibilidade.

Há varias áreas de atuação dentro do contexto familiar como ações sócio-educativas,...
tracking img