Família: evolução e novos tipos de formação familiar no brasil, frente às mudanças sociais, econômicas e culturais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 17 (4003 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 28 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SUMÁRIO

INTRODUÇÃO

1. A EVOLUÇÃO DA FAMÍLIA COM ENFOQUE NO BRASIL, 4

2. AS MUDANÇAS DO PAPEL DA MULHER NA FAMÍLIA, 7

3. TIPOS DE FAMÍLIAS, 8

CONSIDERAÇÕES FINAIS

REFERÊNCIAS

INTRODUÇÃO

É sabido que a família existe desde os primórdios da humanidade, e que tem passado por várias transformações.
As mudanças nos campos da economia, da política, da cultura e datecnologia nas últimas décadas repercutiram no modelo de formação das famílias e dos provedores do sustento, entre outros aspectos. Mesmo assim, teorias de várias disciplinas continuam a considerá-la como, sendo o lugar de proteção, de socialização e de estabelecimento de vínculos. Na compreensão do seu significado, consideram que deve ser entendida dentro do contexto cultural a que pertencem.
Opresente trabalho objetiva uma abordagem sobre a caracterização dos tipos de família existentes na sociedade pós-moderna brasileira, que são totalmente diferentes e mais diversificadas que as famílias de antigamente.
Este trabalho contribui para a discussão sobre a definição de papéis que cada um exerce dentro de uma família. Considerando que o assunto sobre as mudanças nos tipos de formação familiarainda é muito recente, precisará também ser muito investigado em benefício de uma instituição chamada família que é considerada universal e para o esclarecimento e enriquecimento do conhecimento da comunidade.
Foi realizada uma pesquisa bibliográfica, apoiando-se na literatura específica do assunto sobre a contribuição de autores clássicos e atuais a respeito da elucidação da questão dasmudanças na construção familiar. Inicialmente foram realizadas leituras de livros disponíveis em bibliotecas, após, foram feitas pesquisas de busca on-line de artigos publicados. Foram utilizadas como base para o presente estudo, as obras dos autores: (PROST, VINCENT, 2003), (ACOSTA, VITALE (Org.), 2007), (ARIÈS, 1978), (FREYRE, 2006), (LEITE, 1997) e outros autores referenciados no final do trabalho.
Nacomposição deste trabalho, constam três capítulos com enfoque primeiramente na Evolução da família com enfoque no Brasil, em seguida serão abordadas, as mudanças do papel da mulher na família e finalmente os tipos de famílias.



1. A EVOLUÇÃO DA FAMÍLIA COM ENFOQUE NO BRASIL

Neste capítulo será comentada a evolução da família a partir do final da Idade Média que na opinião de algunsautores nessa época não se confirmava o conceito de família, as relações eram baseadas através da linhagem e indivisão de heranças e patrimônios. O conceito de família passou a ser valorizado a partir dos séculos XV e XVI.
Na obra, História Social da Família e da Criança, enriquecida através da pesquisa iconográfica, estudando a origem e a formação das famílias através de imagens, quadros, fotos epinturas, o autor relata:

Pouco importa: seria vão contestar a existência de uma vida familiar na Idade Média. Mas a família subsistia no silêncio, não despertava um sentimento suficientemente forte para inspirar poetas ou artistas. Devemos atribuir a esse longo silêncio uma significação importante: não se conferia um valor suficiente à família. Da mesma forma, devemos reconhecer aimportância do florescimento iconográfico que a partir do século XV e sobretudo XVI, sucedeu a esse longo período de obscuridade: o nascimento e o desenvolvimento do sentimento da família. Daí em diante, a família não é apenas vivida discretamente, mas é reconhecida como um valor e exaltada por todas as forças da emoção. Ora, esse sentimento tão forte se formou em torno da família conjugal, a família formadapelos pais e seus filhos. É raro uma tela reunir mais de duas gerações [...]. Nada aí lembra a antiga linhagem, nada acentua a ampliação da família ou a grande família patriarcal, essa invenção dos tradicionalistas do século XIX. Essa família, ou a própria família, ou ao menos a idéia que se fazia da família ao representa-la e exaltá-la, parece igual à nossa. O sentimento é o mesmo. (ARIÈS,...
tracking img