Falhas em equipamentos eletricos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1326 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO NORTE DE MINAS GERAIS - CAMPUS MONTES CLAROS
2º MÓDULO DE TÉCNICO EM ELETROTÉCNICA
DISCIPLINA: GESTÃO DA MANUTENÇÃO ELÉTRICA
PROF.: SEBASTIÃO AGUIAR











FALHAS EM EQUIPAMENTOS ELÉTRICOS









ALUNOS:
Eduardo Guimarães
Edvaldo Marques
Juan RibeiroOséas Leite Silva
Thiago Henrique









Montes Claros - MG
Novembro / 2012
Introdução

Evidentemente, como em qualquer outro sistema, existem anomalias associadas a questões construtivas, sendo que essas podem ter sua origem ligada a deficiências nos cálculos da potencia instalada, cálculos de demanda, dimensionamento de circuitos, condutores, ou até em má previsãode cargas, como também problemas relacionados à execução, além de defeitos nos materiais e equipamentos utilizados.
Em consequência destes problemas, poderá haver diversas anomalias relacionadas à falta de proteção de circuitos, sobrecargas, instabilidades elétricas, choques elétricos, etc.
Com relação às falhas, elas podem ocasionar problemas devido à manutenção não apropriada, oumesmo à falta de manutenção, o não acompanhamento no controle da qualidade de serviços, materiais e mesmo sem orientação e controle na operação do sistema.

Definições Importantes

Falha: Uma falha é uma interrupção permanente da habilidade do sistema em executar uma determinada função sob certas condições de operação; Uma falha resulta de uma ou mais faltas;
Mau Funcionamento: Maufuncionamento é uma irregularidade intermitente na execução da função desejada do sistema;
Falta: Uma falta é um desvio não permitido de pelo menos uma característica do sistema a partir do aceitável, usual, ou condição padrão; é um estado dentro do sistema;

[pic]

Tipos de Falhas

Falhas abruptas: São aquelas que surgem repentinamente podendo ser decorrentes de imprevistos ou até mesmo acidentes.Estas falhas mudam o comportamento do processo rapidamente, exigindo contra-ações velozes e eficazes que possam minimizar as conseqüências do ocorrido.
Falhas Incipientes: São falhas iniciadas a partir de pequenos desvios do comportamento normal do sistema. Elas podem ser mascaradas pelos controladores e muitas vezes passam despercebidas pelos operadores e sistemas de diagnostico de falhas.Falhas Intermitentes: São aquelas que se alternam no tempo. Podem ser causadas por alguma perturbação periódica, ou por alguma situação que se repita ciclicamente, caracterizando-se um cenário de falha.

Fatores externos que podem originar falhas

➢ Surtos de tensão e corrente nas redes de distribuição de energia, podendo provocar queima de equipamentos;
➢ Interrupção de fornecimento deenergia devido a fatores naturais, tais como tempestades, ventos, etc.
➢ Descargas elétricas, provocadas por raios ou falhas em sistemas de proteção contra descargas atmosféricas, gerando sobretensões;
➢ Ataques de pragas urbanas, como cupins, que se alojam e destroem os fundos de madeira de quadros elétricos;
➢ Modificações das instalações elétricas, mudando as característicasiniciais do projeto elétrico, principalmente com o acréscimo de cargas ou potencias, acarretando problemas de sobrecarga;
➢ Uso de proteções com disjuntores ou fusíveis substituídos de forma inadequada, não obedecendo à capacidade de corrente dos condutores, à demanda e a outros fatores que devem ser considerados para o correto dimensionamento;
➢ Aumento de carga elétrica com o abuso deaparelhos eletroeletrônicos, havendo desequilíbrio de cargas entre as fases e instabilidade elétrica na instalação;
➢ Uso de benjamins em tomadas com diversos aparelhos elétricos ligados, causando sobrecargas, curto-circuito e podendo gerar incêndios;
➢ Uso de fiações e cabos elétricos aparentes, sem proteção de eletrodutos rígidos;
➢ Uso de fitas isolantes de má qualidade;
➢ Falta...
tracking img