Fale com ela

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1020 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O filme “fale com ela” nos remete a realidade que é vivenciada no hospital, a importância de ultrapassar os limites de cuidados de enfermagem para o paciente que está em coma, entretanto proporcionar que nessa fase, ele se sinta acolhido em sua angústia, cirando condições p enfrentarmos essa incógnita que é o coma. O coma é um estado de sofrimento para a família que aguarda o renascimento do seuente querido, para recomeçar uma nova história, ou aguardar a morte chegar. No caso do filme havia uma esperança, já que a personagem estava em coma por quatro anos.
Um enfermeiro que sempre foi loucamente apaixonado pela sua paciente. Que realiza massagens cada vez mais provocantes, mantendo o desejo e isso na minha opinião é uma coisa totalmente antiético, pois devemos saber aquele corpo queestá ali sobre o nosso cuidado.
A grande exposição do corpo da paciente, que a equipe de saúde realiza procedimentos com a porta aberta fazendo com que qualquer pessoa que ali frequenta veja a paciente nua, ali naquele estado em que ela não está consciente, dependendo única e exclusivamente daquelas pessoas e elas devem zelar pelo corpo da pessoa que estamos prestando os cuidados.
O pai deAlicia julga a opção sexual do enfermeiro, e a opção sexual dele não tem nada haver com os cuidados realizados por ele, até por não é isso que diz se ele é um bom ou mal profissional.
Outro ponto forte, que se observa no filme o ato de violência sexual, sobre uma mulher que dizia amar, se aproveitando por ela esta vulnerável, do seu estado sem consciência, procurando só visar o seu prazercarnal, o seu desejo. E com isso poderia acontecer, até porque aquele homem o amava se dedicou inteiramente a sua amada durante 4 anos, cuidando dela com uma atenção acima do normal, conversando com ela com muita fé e amor pois crê de alguma forma que ela passa ouvir, como um homem que idolatrava tanto a sua amada poderia lhe fazer um mal a esse ponto. Podemos pautar nas palavras de Singer (2002,p.18),quando o mesmo diz que:
“ Para serem eticamente defensáveis, é preciso demonstrar que os atos com base no interesse pessoal são compatíveis com princípios éticos de bases mais amplas, pois a noção de ética traz consigo a ideia de alguma coisa maior que o individual. Se vou defender a minha conduta em bases éticas, não posso mostrar apenas os benefícios que ela me traz. Devo reportar-me a umpúblico maior.”
Benigno auxiliou também outros pacientes, revelando que existia vida em cada gesto, acolhendo o pacientes em coma, atendendo a sua família, desmitificando “o devemos ficar longe” , levando a família a refletir sobre o coma, reforçando a humanização dos hospitais; o filme demonstra a relevância de falar com esses pacientes.
Outro ponto positivo temos Benigno e Marco, doisdesconhecidos que acabam virando amigos em decorrência do destino: enquanto esperam com toda a esperança possível as mulheres por quem são apaixonados, saírem do estado de coma do hospital, acabam tendo uma afinidade muito grande. O interessante disso é que Benigno e Marco, enquanto amigos possuem ideias bastante distintas em se tratando de suas amadas: Benigno possuem uma espécie de amor platônico porAlicia, pois apaixonou-se sem ter tido tempo de ser correspondido, antes do acidente dela; Marco, em contrapartida, após o acidente, não consegue definir muito bem seus sentimentos com relação a Lydia, e tem dificuldades com ela na cama do hospital. Foi assim que surgiu uma amizade com muita lealdade que foi observado no decorrer do filme. O fato de Marco não saber lidar com sua amada faz com que oenfermeiro lhe ajude como conviver com essa nova realidade.
Outro momento do filme que demonstra essa grande amizade, foi o fato de quando o enfermeiro foi preso devido o estupro, Marco nunca abandonou seu amigo, sempre visitando na cadeia, pois Benigno não tem família nem amigos o único que ele ainda poderia recorrer era ele, sem qualquer receio de ser amigo de um presidiário acusado de...
tracking img