Faculdade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 34 (8259 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Deficientes visuais discutem acesso ao mercado de trabalho

Após o sistema de cotas estabelecido por lei federal, em 1991 o mercado de trabalho para os deficientes visuais no Brasil melhorou, mas ainda não é o ideal, afirmou na última sexta-feira (21) o coordenador do Programa de Empregabilidade da Fundação Dorina Nowill para Cegos, Edson Luiz Defendi. Segundo ele, apenas no início do ano 2000a fiscalização começou a ser feita com mais rigor pelas superintendências regionais do Trabalho
De acordo com Defendi, em São Paulo estima-se que há 112 mil pessoas com todos os tipos de deficiências empregadas e algo em torno de 5% sendo deficientes visuais, o que corresponde a 6 mil pessoas. "Essa lei ajudou muito na inclusão profissional de pessoas com qualquer tipo de deficiência e, decerta maneira, reflete a necessidade de colocar em prática questões tão importantes em relação a competência da pessoa com deficiência em seus postos de trabalho".
Entretanto, mesmo com o sistema de cotas e a fiscalização, ainda há muita dificuldade para o deficiente visual conseguir um emprego, já que as empresas não têm a clareza das habilidades dessas pessoas e veem como custos o investimento emferramentas necessárias para auxiliar o deficiente visual.
"O que estamos fazendo é um trabalho de quebrar a resistência e as atitudes de preconceito em relação a essa exclusão. A tecnologia é essencial para o deficiente visual no mercado de trabalho e há muitas empresas que buscam pessoas com deficiência visual porque precisam cumprir o sistema de cotas ou porque têm uma cultura de diversidadee acreditam que a pessoa com deficiência pode ter direito a ser produtiva e a trabalhar", comenta Defendi.
O presidente da Associação de Deficientes Visuais e Amigos (Adeva), Markiano Charan, disse que a maioria das empresas ainda não se conscientizou da importância do trabalho para essas pessoas e muitas procuram fugir do cumprimento da lei. "As empresas não entenderam que não estão fazendo umfavor para o deficiente. É um direito dessa pessoa trabalhar. As empresas dizem que não há pessoas capacitadas e isso é uma armadilha na qual não podemos cair".
 Charan reforçou que, além da Adeva outras entidades dão apoio ao deficiente visual, com cursos de qualificação e treinamentos em diversas áreas. "O funcionário deficiente visual pode ser tão eficiente quanto aquele que não temdeficiência. As pessoas que fazem os cursos oferecidos pelas entidades saem muito preparadas para o mercado de trabalho. Ainda há muito preconceito da sociedade com relação a essas pessoas, e para diminuir isso precisamos levar informação à população".
A analista de desenvolvimento humano, Priscila Branca Neves, que trabalha na coordenação do programa de empregabilidade do Serasa Experian, e é cega,ressaltou que a adaptação necessária para o deficiente visual trabalhar é um software leitor de tela. "É um programa que lê tudo o que está na tela do computador e fala, porque precisamos ouvir o que está lá. Tudo o que fazemos ele lê e nós ouvimos por um fone de ouvido. Muitas empresas ainda não têm clareza com relação a isso. Se eu tenho um programa desse no computador eu consigo fazer tudo o queuma pessoa sem deficiência faz".
Priscila disse que as empresas ainda contratam pessoas com deficiências leves apenas para cumprir com a lei, porque julgam que essas pessoas produzirão mais e não darão tanto trabalho para aprender suas funções, ou que dão muito gasto, porque é preciso do investimento nesse software que custa R$ 2.500,00. "Mas não entendem que se houver as ferramentas necessáriasela se desenvolverá tanto quanto qualquer outra pessoa." 
O Encaminhamento do Deficiente Visual ao Mercado de Trabalho
O ENCAMINHAMENTO DO DEFICIENTE VISUAL AO MERCADO DE TRABALHO

Este estudo faz um levantamento de um conjunto de diversas profissões que podem ser exercidas pelas pessoas cegas e de visão subnormal, especificando pré-requisitos e atribuições das mesmas, visando auxiliar no...
tracking img