Fabricação de vidro

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 11 (2510 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 29 de maio de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNAERP – Universidade de Ribeirão Preto









Processos Químicos II

Prof. Murilo Daniel de Mello Innocentini



FABRICAÇÃO DO VIDRO

Antônio Carlos Ribeiro –
Gabriela da Silva – 767.121
Gércio Donizete Gobbi – 752.821
Guilherme Collos Nogueira – 767.130
Leandro Rosa –
Mônica Luciano –
Sérgio da Costa Brites –










Setembro/2007

1 – INTRODUÇÃOA produção mundial de vidros alcança dezenas de bilhões de dólares anuais, sendo de aproximadamente US$ 2 bilhões/ano no Brasil. Devido às suas propriedades estéticas e funcionais, à disponibilidade das matérias-primas mais abundantes no planeta, isto é, minerais contendo O, Si, Al, Ca e Na e da facilidade de reciclagem (por exemplo, algumas empresas já utilizam até 100% de cacos de vidro nafabricação de garrafas), o uso dos vidros tende a aumentar significativamente.
A geração de tecnologia sobre vidros no Brasil, entretanto, é pífia e não tem crescido nos últimos dez anos. A maioria das indústrias vidreiras de porte instaladas no país são internacionais. Estas e também as nacionais contratam poucos engenheiros, mestres e doutores especialistas em vidro e pouco interagem com asinstituições de pesquisas.
Atualmente, o vidro é parte integrante e fundamental do projeto arquitetônico. Faz parte da estética, e tem forte influência no conforto, na economia e na segurança de qualquer edifício. Para tanto deve-se fazer a escolha adequada do vidro em função das necessidades do projeto. Existe no mercado um variado leque de opções com características técnicas específicaspara cada uso.





































2 – HISTÓRIA

O vidro é uma das descobertas mais surpreendentes do homem e sua história é cheia de mistérios. Embora os historiadores não disponham de dados precisos sobre sua origem, foram descobertos objetos de vidro nas necrópoles egípcias, por isso, imagina-se que o vidro já era conhecido há pelomenos 4.000 anos antes da Era Cristã.
Alguns autores apontam os navegadores fenícios como os precursores da indústria do vidro. A origem teria sido casual: ao preparar uma fogueira numa praia nas costas da Síria para aquecer suas refeições, improvisaram fogões usando blocos de salitre e soda. Passado algum tempo, notaram que do fogo escorria uma substância brilhante que se solidificavaimediatamente. Estaria então descoberto o vidro que, com sua beleza, funcionalidade e múltiplas aplicações, passaria definitivamente a fazer parte do cotidiano de todos nós.
Durante o Império Romano, houve um grande desenvolvimento dessa atividade, com apogeu do século XIII, em Veneza. Após incêndios provocados pelos fornos de vidro da época, a indústria de vidros foi transferida para Murano,ilha próxima de Veneza. As vidrarias de Murano produziam vidros em diversas cores, um marco da história do vidro, e a fama de seus cristais e espelhos perduram até hoje.
A França já fabricava o vidro desde a época dos romanos. Porém, só no final do século XVIII foi que a indústria prosperou e alcançou um grau de perfeição notável. Em meados desse século, o rei francês Luís XIV reuniu algunsmestres vidreiros e montou a Companhia de Saint-Gobain, uma das mais antigas empresas do mundo, hoje, uma companhia privada.
A indústria moderna do vidro surgiu com a revolução industrial e a mecanização dos processos. Nos anos 50, na Inglaterra, a Pilkington inventou o processo para produção do vidro Float, conhecido também como cristal, que revolucionou a tecnologia dessa prósperaindústria.
A primeira indústria vidreira a se instalar no Brasil foi a Vidraria São Paulo, na cidade do Rio de Janeiro, no século XIX. Em 1982, a indústria francesa Saint-Gobain e a inglesa Pilkington uniram suas forças para construir a primeira fábrica de vidro Float do Brasil, a CEBRACE, na região do Vale do Paraíba, no estado de São Paulo. A primeira linha foi construída em Jacareí e, 1982, a...
tracking img