Extremo oriente

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1662 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ϟ●• História e Sociedade •●ϟ

"A humanidade é uma. As civilizações, muitas". (Franz Boas, antropólogo norte-americano)
sexta-feira, 1 de julho de 2011
As grandes civilizações do Extremo Oriente: Índia e China
Pintura em tumba do período Han

* Introdução. Durante os mesmos séculos em que, na bacia do Mediterrâneo, deu-se o apogeu e a decadência da Grécia e de Roma, a organização de reinosgermânicos e a formação do império árabe, no Extremo Oriente a Índia e a China desenvolveram alto grau de civilização.

Na Antiguidade, raros, porém, haviam sido os contatos entre os povos do Ocidente e do Extremo Oriente. Alexandre Magno não havia ultrapassado o rio Indo; os romanos haviam conseguido manter apenas um comércio muito irregular com a China, para a obtenção da valiosíssima seda(séculos II-III d.C.).

Foi somente a partir dos árabes que se estabeleceram contatos mais significativos com as longínquas regiões orientais, quando suas caravanas e navios mercantes conseguiram manter um comércio de certa forma estável e regular. Aproximando assim dois mundos até então distanciados um do outro, os árabes desempenharam importante papel histórico.

1. Índia भारत

Sabemos que amais antiga civilização da Índia - testemunhada pelas ruínas de Mohenjo-Daro e Harapa - transformou-se, por volta de 1600 a.C., com a invasão de povos provenientes do sudoeste da Ásia.

Estes povos, os árias, indo-europeus, vindos talvez das regiões do Cáucaso, estabeleceram-se às margens do rio Ganges, ampliando, nos séculos sucessivos, sua área de influência até a região da atual Nova Délhi, eimpondo-se às primitivas populações com a introdução de técnicas agrícolas, artesanais e militares muito desenvolvidas. Já no século III a.C., sob o rei Asoka, a Índia formava um grande reino unificado.

* Sociedade. A sociedade da Índia, que se fora aos poucos estruturando, dividia-se em rígidas camadas sociais, as castas, consideradas de instituição divina. As pessoas pertenciam a umadeterminada casta por nascimento; não podiam mudar de casta, nem casar ou ter o menor contato com elementos de outra casta.

As castas eram quatro: dos sacerdotes (brâmanes), dos guerreiros (xátrias), dos camponeses, comerciantes e artesãos (vaicias), da população conquistada (sudras). Abaixo destes havia os párias, que não pertenciam a casta alguma (daí o termo pária significar, para nós, ainda hoje, oindivíduo fora da sociedade).

* Religião. As crenças religiosas mais antigas da Índia encontram-se documentadas em vários textos sagrados, redigidos em língua sânscrita, dentre os quais sobressaem os Vedas.

Os textos sagrados revelam a crença em uma série de divindades personificadoras das forças da natureza, afirmam a sobrevivência da alma e a íntima comunhão de cada indivíduo com ouniverso.

Por volta de 500 a.C. surgiram, na Índia, os ensinamentos morais e filosóficos de um membro da casta guerreira, Sidarta Gautama, conhecido como Buda (Iluminado). Esses ensinamentos, ganhando muitos adeptos, transformaram-se em religião, a religião budista. O budismo prega a gradativa purificação do homem, a fim de permitir-lhe vencer o sofrimento e a miséria, conduzindo-o à perfeita paz eliberdade do espírito (o Nirvana).

A religião budista tornou-se religião oficial em parte da Índia (século III a.C.) e penetrou, a seguir, em outras regiões do Extremo Oriente, como China, Japão, Ceilão, Tibete.

Com a expansão dos árabes até a Índia, aí se difundiu também a crença muçulmana; e o domínio dos turcos acabou intensificando a islamização de boa parte dos territórios indianos.2. China 中國

Estruturada em base agrícola, a sociedade chinesa, tradicional e conservadora, evoluiu lentamente, com o correr dos séculos, sobrevivendo a crises políticas e econômicas, aperfeiçoando técnicas, atingindo alto grau de civilização e cultura, vindo assim a constituir, na época medieval, um dos mais importantes e mais poderosos impérios do Extremo Oriente.

* Filosofia e religião...
tracking img