Extração da cafeína a partir do chá preto

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 7 (1551 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 12 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MATO GROSSO DO SUL
UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE DOURADOS
QUÍMICA LICENCIATURA








RELATÓRIO DE QUÍMICA ORGÂNICA EXPERIMENTAL
Extração da Cafeína a partir do Chá Preto






Equipe:

Fabio Bento Garcia RGM: 17667
Sérgio Mateus Tinoco RGM: 19337
Vinicius O. Araujo RGM: 23872Professora:
Carlos Eduardo

Dourados – MS

2012.

1. Introdução


A cafeína está tão presente em nosso cotidiano que a primeira refeição diária foi denominado café da manhã, a cafeína pode ser encontrada nos mais diversos produtos como, por exemplo, bebidas de uso comum como chás, café e refrigerantes também é encontrada em vários produtos alimentícios, farmacêuticos ecosméticos.
Dentre os efeitos fisiológicos da cafeína no organismo humano. É possível detectar a cafeína em todo o corpo humano por volta de cinco minutos após o consumo, atinge a concentração máxima de vinte a trinta minutos. É metabolizada no fígado possui uma meia vida de aproximadamente três a seis horas. O consumo de produtos que possuam a cafeína podem aumentar o metabolismo, a concentração e aenergia, por um certo tempo. (Moreira, Filho, Fusconi, Jacobucci, 2011)
Seu nome usual é: cafeína, mas o nome regulamentado pela IUPAC ( União Internacional de Química Pura e Aplicada) 1,3,7-trimetilxantina.
O consumo frequnente de cafeína pode levar à dependência química, elevando a concentração de dopamina no sangue, suspeita-se que o aumento dos níveis de dopamina seja o fatorque leve ao vício da cafeína. Alguns problemas com o uso excessivo de cafeína só aprecem a longo prazo, o mais importante é o efeito que a cafeína tem sobre osono. A recepção de adenosina essencial para uma boa noite de sono, principalmente para o sono profundo. Levando em conta o tempo de meia-vida da cafeína no organismo que é de aproximadamente 6 horas, se uma pessoa consumir um xícara pequenade café contendo cerca de 200 mg de cafeína, por volta das 15:00h, cerca de 100 mg de cafeína ainda estarão em seu corpo lá pelas 21:00h. Essa pessoa estará apta a dormir, porém provavelmente não irá usufruir de um sono profundo. No dia seguinte, precisará mais cafeína para se sentir melhor, e assim estabelece este círculo vicioso contínuo, dia após dia. Esta é uma das razões que leva osfabricantes de refrigerantes a adicionar cafeína aos seus produtos.
Os ingredientes que compõem a formulação do refrigerante são: água, açúcar, concentrados, acidulante, antioxidante, conservante, edulcorante e dióxido de carbono. Os antioxidantes presentes nos refrigerantes previnem a influência negativa do oxigênio na bebida. Aldeídos, ésteres e outros componentes do sabor são susceptíveis aoxidações pelo oxigênio do ar durante a estocagem. Luz solar e calor aceleram as oxidações, os refrigerantes nunca devem ser expostos ao sol. (Lima, Afonso, 2009)


2. Objetivos


• Extrair a cafeína presente em uma amostra de chá – preto através do processo de extração liquido – liquido, e calcular a percentagem em massa da cafeína extraída.




1. Materiais e Reagentes• 3 saches de chá preto;


• Água destilada;


• Diclorometano (CH2Cl2);


• Hidróxido de sódio (NaOH 6 mol/L);


• Sulfato de sódio (Na2SO4 anidro);


• 2 vidros de relógio;


• Funil de decantação;


• Pipeta volumétrica de 10, ± mL;


• Proveta 10,0 ± 0,2 mL;


• 3 béqueres (250 mL);


• Funil;


•Capela;


• Papel de filtro;


• Garra e suporte;


• Tripé;


• Tela de amianto;


• Bico de Bunsen;


• Chapa aquecedora;


• Balança analítica


• Capilar;


• Pinças de madeira;


• Ponto de fusão


• Termômetro.



3. Procedimento Experimental
Em um béquer de 150mL, adicionou-se 100mL...
tracking img