Extensometro

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2372 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE DE CAXIAS DO SUL
DISCIPLINA: LABORATÓRIO DE MATERIAIS E METALOGRAFIA
PROFESSOR: GILMAR TONIETTO

EXTENSÔMETRO

NOME: EDUARDO PERUZZO
CAXIAS DO SUL, 18 DE SETEMBRO DE 2012
SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO 3
2 REVISÃO BIBLIOGRÁFICA 4
2.1 Composição Química 5
2.2 Aplicações 5
2.3 Forjamento 5
2.4 Tratamento Térmico 5
2.5 Normalização 6
2.6 Têmpera 6
2.7 Revenimento 62.8 Nitretação 6
2.9 Têmpera Superficial 6
3 NORMAS UTILIZADAS 6
4 DADOS COLETADOS 7
5 DADOS CALCULADOS 9
5.1 Gráfico Tensão x Deformação 11
5.2 Equação da Reta 11
5.3 Correção da Origem do Gráfico 12
5.4 Gráfico Final 14
5.5 Gráfico do Escoamento 14
6 CONCLUSÃO 15
FONTES DE CONSULTA 16

1 INTRODUÇÃO

Este trabalho tem como objetivo aprimorar os conhecimentos mecânicossobre testes de tensão com a utilização de um extensômetro. Para realizar esta atividade, foram passadas algumas técnicas e conteúdo teórico aos alunos para que pudessem ter o suporte necessário para a confecção do mesmo. O material utilizado para realizar este trabalho é o aço 4340, onde serão feitos testes para verificar se o material está dentro da tabela de normas que ele deve seguir, comodureza, deformação, força máxima, tensão máxima entre outras propriedades.
Com o auxílio do professor foi feito o teste e anotado os principais valores para poder ser feito a continuação do trabalho individualmente. Os resultados serão vistos na continuação deste relatório.

2 REVISÃO BIBLIOGRÁFICA

O ensaio de tração consiste em submeter o material a um esforço que tende a alongá-lo até a ruptura.Os esforços ou cargas são medidos na própria máquina de ensaio.
No ensaio de tração o corpo é deformado por alongamento, até o momento em que se rompe, com a diminuição da estricção do corpo de prova.
A estricção determina a ductilidade do material. Quanto maior for à porcentagem de estricção, mais dúctil será o material.
Há dois tipos de deformação, que se sucedem quando o material ésubmetido a uma força de tração: a elástica e a plástica:
Deformação elástica: não é permanente. Uma vez cessados os esforços, o material volta à sua forma original.
Deformação plástica: é permanente. Uma vez cessados os esforços, o material recupera a deformação elástica, mas fica com uma deformação residual plástica, não voltando mais à sua forma original.
Quando um corpo de prova ésubmetido a um ensaio de tração, a máquina de ensaio fornece um gráfico que mostra as relações entre a força aplicada e as deformações ocorridas durante o ensaio, conhecido por diagrama tensão - deformação.
Analisando o diagrama tensão - deformação podemos identificar:
- O limite elástico, que recebe este nome porque, se o ensaio for interrompido antes deste ponto e a força de tração for retirada, ocorpo volta à sua forma original, semelhante a atividade de um elástico.
Na fase elástica, se dividirmos a tensão pela deformação, em qualquer ponto, obteremos sempre um valor constante. Este valor constante é chamado módulo de elasticidade, que corresponde a 0,2% da deformação do material.
O módulo de elasticidade é a medida da rigidez do material. Quanto maior for o módulo, menor será adeformação elástica resultante da aplicação de uma tensão e mais rígido será o material.
Porém, a lei de Hooke só vale até um determinado valor de tensão, denominado limite de proporcionalidade, que é o ponto representado no gráfico a seguir por A, a partir do qual a deformação deixa de ser proporcional à carga aplicada.
Terminada a fase elástica, tem início a fase plástica, na qual ocorre umadeformação permanente no material, mesmo que se retire a força de tração.
No início da fase plástica ocorre um fenômeno chamado escoamento.
O escoamento caracteriza-se por uma deformação permanente do material sem que haja aumento de carga, mas com aumento da velocidade de deformação. Durante o escoamento a carga oscila entre valores muito próximos uns dos outros.
Após o escoamento...
tracking img