Experience

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 57 (14082 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
EVOLUÇÃO BIOLOGICA PELA SELEÇÃO NATURAL

Profº.Ms. Raoni Ribeiro Guedes Fonseca Costa

Graduado em Biologia: FESURV Universidade de Rio Verde-GO
Mestrado: Genética e Melhoramento de Plantas: UFLA- Universidade Federal de Lavras –MG
Professor contratado da FESURV. Faculdade de Biologia
Disciplinas: Zoologia dos Invertebrados
EvoluçãoPaleontologia


















Rio Verde 2010


















Cap.1 INTRODUÇÃO


O tempo passa e o Universo já tem cerca de 15 bilhões de anos, mas o nosso planeta deve ter se formado apenas a cerca de 4, 5 bilhões. Porém, as rochas, nas quais foram encontrados os primeiros microfósseis, criaturassemelhantes a bactérias, foram formadas entre 3,2 a 3,4 bilhões de anos. Segundo alguns cientistas formas muito mais primitivas e mais simples de vida devem ter existido antes destas estruturas já sofisticadas de vida terem sido preservadas. Tudo sugere que a vida evoluiu muito rapidamente na história do planeta.
Contudo cabe aqui definir primeiramente o que é evolução biológica.
Evolução é oprocesso pela qual ocorrem transformações nos seres vivos ao longo do tempo geológico ocasionando a origem de novas espécies ou a extinção de outras. A evolução é uma das teorias mais bem suportada de toda a ciência e substanciada por uma grande quantidade de evidências científicas. Antes de falar das teoria da evolução é importante comentar sobre o que havia antes desta teoria.
Desde o tempo dosfilósofos gregos, passando pelos pensadores do século XVIII, a adaptação dos seres vivos aos seus ambientes de vida é um fato incontestável. A origem da adaptação, porém, é que sempre foi discutida. Desde a Antigüidade se acreditava que essa harmonia seria o resultado de uma criação especial, a obra de um criador que teria planejado todas as espécies, adequando-as aos diferentes ambientes. Com oadvento do cristianismo, ficou mais fácil admitir que as espécies, criadas por Deus, seriam fixas e imutáveis. Os defensores dessa idéia, chamados de fixistas ou criacionistas, propunham que a extinção de muitas espécies seria devida a eventos especiais como, por exemplo, muitas catástrofes que exterminaram grupos inteiros de seres vivos.
O homem em algum momento parou pra observar a natureza e sedeslumbrou com tamanha beleza e se perguntou: Como surgiram esta diversidade de vida? De onde viemos? Muito provavelmente esta pergunta foi feita a cerca de 400 anos atrás por Aristóteles ele tirou de suas observações suas próprias teorias de como a vida surgiu na terra (Biogênese) depois dele vários pesquisadores surgiram com novas observações. Dentre eles, o teólogo inglês Willian Paley, nascido emPeterborough (em julho de 1743) publicou o livro intitulado Natural Theology - or Evidences of the Existence and Attributes of the Deity Collected from the Appearances of Nature (Teologia Natural - ou Evidências da Existência e dos Atributos da Divindade Reunidos a partir dos Fenômenos da Natureza). O Argumento deste era o seguinte:
Ao atravessar uma várzea, suponha que tope com meu pé contra umapedra, e pergunte-me como a pedra veio parar ali; eu poderia possivelmente responder, que, por qualquer coisa eu soubesse do contrário, que ela haveria de ter estado ali desde sempre: nem seria talvez muito fácil mostrar um absurdo nesta resposta. Mas suponha que tivesse achado um relógio no chão, e fosse inferir como o relógio foi aparecer naquele lugar; eu pensaria que dificilmente seria pelaresposta dada antes, que para qualquer coisa que eu saiba, o relógio poderia ter estado sempre ali. (...) Deve ter existido, em algum momento, e em algum lugar outro, um artífice ou artífices, os quais produziu(ram) [o relógio] para o propósito o qual nós encontramos atualmente para responder; quem compreendeu sua construção, e projetou seu uso. (...) Cada indicação de engenho na invenção, cada...
tracking img