Existencialismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2828 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de maio de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Filosofia
Existencialismo é uma corrente filosófica surgida entre os séculos XIX e XX, a qual tem por base a afirmação dos ideais de liberdade, responsabilidade e subjetividade do ser humano. Este, segundo o pensamento filosófico, tem livre arbítrio e deve utilizar a razão para fazer as melhores escolhas.
Esta corrente procura analisar o homem como indivíduo, e é ele quem faz sua própriaexistência. Percebe-se assim, a preocupação em explicar o sentido das vidas humanas de uma forma subjetiva, ao invés de se preocupar com verdades científicas relativas ao universo, que fora o centro de outras correntes filosóficas.
O existencialismo foi inspirado nas obras de Arthur Schopenhauer, Soren Kierkegaard, Fiódor Dostoievski, Friedrich Nietzsche, Edmund Husserl e Martin Heidegger,tendo sido difundido principalmente por meio das obras de Jean-Paul Sartre e Simone de Beauvoir.
Tal corrente de pensamento teve significativa influência da religião, uma vez que muitos filósofos eram cristãos. Pascal e Kierkegaard, por exemplo, eram cristãos dedicados. Nietzsche também acreditava de certa forma, na existência de um Criador. O existencialismo pautado na religião afirmava quea fé defende o indivíduo e guia suas decisões como um conjunto rigoroso de regras.
Para os filósofos existencialistas contemporâneos, a existência humana é vista como algo muito rico e complexo. Por isso, é impossível ser enquadrada em sistematizações abstratas.
Nascido no século XIX, através das idéias do filósofo dinamarquês Kierkegaard, esta vertente filosófica e literáriaconheceu seu apogeu na década de 50, no pós-guerra, com os trabalhos de Heidegger e Jean-Paul Sartre. A contribuição mais importante desta escola é sua ênfase na responsabilidade do homem sobre seu destino e no seu livre-arbítrio.
Para os existencialistas, a existência tem prioridade sobre a essência humana, portanto o homem existe independente de qualquer definição pré-estabelecida sobre seu ser.Assim, não há uma inquietação relativa aos postulados produzidos pela Ciência ou às especulações metafísicas, e sim no que se refere ao sentido da existência. Daí a predominância de elementos da Fenomenologia de Husserl – movimento que procura compreender os fenômenos tais como eles parecem ser, sem depender do real conhecimento de sua natureza essencial – nesta corrente filosófica, já que ambasprivilegiam a vivência subjetiva em detrimento da realidade objetiva.
O existencialismo pressupõe que a vida seja uma jornada de aquisição gradual de conhecimento sobre a essência do ser, por esta razão ela seria mais importante que a substância humana. Seus seguidores não crêem, assim, que o homem tenha sido criado com um propósito determinado, mas sim que ele se construa à medida quepercorre sua caminhada existencial. Portanto, não é possível alcançar o porquê de tudo que ocorre na esfera em que vivemos, pois não se pode racionalizar o mundo como nós o percebemos. Esta visão dá margem a uma angústia existencial diante do que não se pode compreender e conceder um sentido. Resta a liberdade humana, característica básica do Existencialismo, a qual não se pode negar.
Coube aSartre batizar esta escola filosófica com a expressão francesa ‘existence’, versão do termo alemão ‘dasein’, utilizado por Heidegger na sua obra Ser e Tempo. Além destes filósofos renomados, o movimento contava também com Albert Camus – adepto destes postulados apenas no campo literário – e Boris Vian.
Soren Aabye Kierkegaard, antecessor do Existencialismo, encontra seu caminho dentro daFilosofia ao rebater os conceitos de Aristóteles ainda presentes nas teorias da época, combatendo assim os ideais hegelianos, principalmente sua crença na submissão de todos os fenômenos às leis naturais, o que lhes confere um determinismo providencial e retira das mãos do homem sua liberdade individual.
Foi este filósofo que legou ao existencialismo a idéia central da liberdade do homem,...
tracking img