Exercicios de lingua portuguesa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (546 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
REGÊNCIA

NOMINAL E VERBAL
2012

REGÊNCIA

NOMINAL E VERBAL
Cuida especialmente das
relações de dependência em
que se encontram os termos na
oração ou as orações entre si
no períodocomposto.

VEJA:



AGORA NOTE:




Quando um termo REGENTE é um VERBO, ocorre
a REGÊNCIA VERBAL.




VOLTEMOS:


AGORA VEJA:

Fique atento a isto:



termo que completasentido de verbo é OBJETO
(termo regido).





- sem preposição obrigatória, objeto direto;


- por meio da preposição obrigatória é objeto
indireto.


Podem ocorrer em período simplesou composto
por subordinação.








REGÊNCIA DE ALGUNS NOMES



















Acessível a
Acostumado a ou com
Alheio a
Alusão a
Ansioso porAtenção a ou para
Atento a ou em
Benéfico a
Compatível com
Cuidadoso com
Desacostumado a ou com
Desatento a
Desfavorável a
Desrespeito a
Estranho a
Favorável a
Fiel a
Grato a

Hábil emHabituado a
Inacessível a
Indeciso em
Invasão de
Junto a ou de
Leal a
Maior de

Preferência a ou por
Preferível a
Prejudicial a
Próprio de ou para
Próximo a ou de
Querido de ou porRespeito a ou por
Sensível a
Simpatia por
Simpático a
Útil a ou para

ASPIRAR



= 'almejar', 'pretender' pede complemento com a preposição
'a' (objeto indireto):











='cheirar', 'sorver', 'inalar' pede complemento sem preposição

(objeto direto):






ASSISTIR

= 'prestar assistência', 'dar ajuda' normalmente com
complemento sem preposição (objetodireto)





= 'ver', 'presenciar como espectador' complemento com a
preposição 'a' (objeto indireto):


= caber’, ‘pertencer’ pede complemento com a
preposição 'a' (objeto indireto):





= morar – intransitivo, regido pela preposição ‘em’:

Ele assiste em São Paulo.
VI

adj. adv. de lugar

ESQUECER, LEMBRAR
• não acompanhados de pronome pessoal oblíquo
átono pedem...
tracking img