Exercícios didáticos de história do brasil – ensino fundamental de 5ª a 8ª séries

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 36 (8799 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de maio de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
.......................................................................... Anais Eletrônicos do IX Encontro Nacional dos Pesquisadores do Ensino de História 18, 19 e 20 de abril de 2011– Florianópolis/SC

EXERCÍCIOS DIDÁTICOS DE HISTÓRIA DO BRASIL – ENSINO FUNDAMENTAL DE 5ª A 8ª SÉRIES Joana Borges de Faria1 Pontifícia Universidade Católica de São Paulo fariajoana83@yahoo.com.br

IntroduçãoEste artigo apresenta parte dos resultados obtidos na de pesquisa de Iniciação Científica Exercícios didáticos de História do Brasil – Ensino Fundamental de 5ª a 8ª séries, realizada em 2007, no Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: História, Política, Sociedade da PUC-SP. Os estudos sobre o livro didático têm se intensificado nas últimas décadas, após ter sido negligenciado por muitosanos. A área de estudo se desenvolveu em função do crescente interesse pela história da educação e também a partir da grande importância adquirida pelo setor escolar na economia mundial. Segundo dados da Câmara Brasileira do Livro (CBL), em 2003, 54% dos livros vendidos no país foram didáticos (Apud Cassiano, 2007). Embora não possua prestígio ou status de literatura, o segmento dos livrosescolares é o mais rentável do setor editorial. O livro didático, assim como a escola e a disciplina escolar fazem parte do nosso dia a dia e da nossa memória, por isso, compreendê-los como objetos de estudo complexos é tarefa difícil. Sabe-se, entretanto, que o livro didático não é apenas um material que acompanha os alunos em sala de aula e é descartado após o final do período letivo, mas é tambémprodução humana, como mercadoria e como objeto cultural.

Como mercadoria, ele certamente carrega as marcas de ser-para-o-lucro e da indústria cultural. (...) Na sociedade capitalista, a produção de qualquer livro (...) visa o lucro e é efetivada segundo os procedimentos da indústria cultural. É preciso também não perder de vista que onde há lucro e, portanto, a acumulação do capital, há tambémtrabalhadores, de cujas atividades resultam os livros. Essas atividades, altamente diversificadas, têm, é claro, o objetivo de produzir uma mercadoria que possa vir a ser consumida em larga escala, mas, por isso mesmo, essa produção deve atender a demandas e expectativas (mesmo que induzidas) do mercado, o que, no caso do livro didático, inclui questões educacionais (Munakata, 2001, p. 5).
1Possui bacharelado e licenciatura em História pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2009). Atualmente é mestranda do Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: História, Política, Sociedade.

1

.......................................................................... Anais Eletrônicos do IX Encontro Nacional dos Pesquisadores do Ensino de História 18, 19 e 20 de abril de 2011–Florianópolis/SC

Para Stray (1993),

o livro didático é um produto cultural complexo... [que] se situa no cruzamento da cultura, da pedagogia, da produção editorial e da sociedade (Apud Faricelli, 2006).

A partir dos excertos acima, pode-se observar que as pesquisas sobre livro didático compreendem temas variados, que vão além das questões educacionais.
Por ser um objeto de „múltiplasfacetas‟, o livro didático é pesquisado enquanto produto cultural; como mercadoria ligada ao mundo editorial e dentro da lógica de mercado capitalista; como suporte de conhecimentos e de métodos de ensino das diversas disciplinas e matérias escolares; e, ainda, como veículo de valores, ideológicos ou culturais (Bittencourt, 2004).

Inicialmente as pesquisas de livros didáticos privilegiavam oestudo do próprio conteúdo e, apenas recentemente, os historiadores têm examinado as diversas etapas da produção e uso de um livro. No início deste século XXI, as pesquisas voltaram-se para compreender o livro didático como “elemento constitutivo da forma escolar e (...) elucidá-lo na sua materialidade e historicidade”. Assim, Munakata (2001) divide as pesquisas históricas sobre livro didático em...
tracking img