Exemplos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3394 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Uirá vai ao encontro de Maíra

A experiência mística e a interpretação de um índio Urubu que sai a procura de Deus.
Uma historia fundamentada desde do começo do Brasil, sobre movimentos messiânicos que acredita no surgimento de um enviado de Deus que trará aos homens justiça, paz, felicidade, etc, reorganizando a sociedade em um revivalismo, que é o movimento sócio-cultural que ocorre muitasvezes ao longo da história universal procurando resgatar princípios e tradições de tempos passados para enfrentar desafios aparentemente insolúveis de sua própria época, ou quando uma corrente vital se esvai e nada parece surgir para preencher o vazio. Neste sentido o revivalismo pode ser compreendido como um movimento de caráter conservador e defensivo, e é comum em sociedades cujo passado temmomentos de grandeza e esplendor revivendo de uma decadência vivida por índios, levando a expansão da nossa sociedade sobre a vida tribal formado por ritos e costumes decorrentes do tempo que é o agrupamento em que estavam divididos em alguns povos, formando conjunto de famílias nômades, geralmente da mesma origem, obedecendo a um chefe. Sendo que em primeiro lugar vários povos indígenas sofrem oimpacto a expansão da civilização, que se encontra no Estado de adiantamento e cultura social, acumulando e aumentando conhecimentos de habilidades manuais e de conhecimentos intelectuais e a aplicação deles se integrando da civilização contemporânea, pretendendo civilizar os índios, mas quanto mais se civilizava o humano mais guerras se desciviliza.
Em segundo, pelo que ensina sobre a naturezahumana ou sobre as reações que podem experimentar seres humanos enquadrados em tradições particulares.
Diversos movimentos mítico-religiosos foram analisados por vários antropólogos que assumiram as formas clássicas do messianismo como conceituada acima, em que um redentor esperado era conhecido por seu povo e o levava a rebelião ou a migração e a outros movimentos religiosos com a promessa deinstituir uma ordem social, querendo procurar a sua morada definitiva.
No caso de Uirá não pode ser comparado caracteriza do messianismo, trata-se de uma experiência individual, mas com uma base e fundamentos similares. O Uirá não levou a sua tribo para a sua aventura e nem foi reconhecido por nada em nenhum momento.
Casos de messianismos em tribo que acaba levando grandes rebeliões dificilmenteregistradas por algum fato de tamanho é os conflitos, mas como a experiência de Uirá não se escapa registros não sendo meramente percebidas permitindo analisar a seguir as situações acontecidas.
Os contextos tribais devem ser compreendidos antes de ser analisados. Índios Urubus vivem a margem do rio da floresta Amazônica que se localizam no território Maranhense. O nome Urubu é naturalmentedesignação brasileira e data do tempo em que se constitui a tribo mais aguerrida, tribo Tupi do alto do Gurupi. Designados como Kaapor que significa moradores da mata, chamados para o nosso convívio em 1928, pela Associação dos protetores indígenas, tendo agora mantendo uma ordem de civilização com os índios, mas ainda são temidos pelos sertanejos maranhenses em que circula no território, sendo incapaz deacreditar que se possa conviver com índios entre quais fizeram tantas vitimas e dos quais sofreram tantos agravos.
Incidentes aprofundam aos ressentimentos recíproco, em que há correspondência de partes, diz-se do ato ou influencia que se realiza ou troca entre dois objetos ou duas pessoas, que se da ou faz em retorno de coisas ou ato equivalente, que corresponde de interesses recíprocos,correspondendo a cada um como equivalente baseado na reciprocidade.
Por esses contatos os sertanejos custaram aos Urubus doenças de tipo epidemias em geral que se alastravam pela aldeia. Hoje em dia os índios estão tomando consciência do ato da reciprocidade que ouve entre eles e os sertanejos, voltando aos tempos passados retornam aos bons tempos de grandes aldeias. Retornando aos mitos, cujas...
tracking img