Exemplo da lei da oferta e demanda

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (500 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Preço do álcool vai subir na bomba
Vendas de etanol pelas usinas caíram 17,9% em 6 meses. Com produção menor que consumo, custo aumenta Ivo Patarra
ivo.patarra@diariosp.com.br
A lei da oferta eda procura é infalível. Os números  da Unica (União da Indústria de Cana de Açúcar), representante dos produtores do Centro-Sul do Brasil (responsáveis por 60% do etanol nacional), não deixam dúvidas:o combustível vai faltar no período da entressafra que vai até abril e o preço vai subir nas bombas.
Não há consenso sobre a alta. “Eu espero que o litro nos postos não chegue aos R$ 2,40 do começodo ano”, afirmou Paulo Miranda Soares, presidente da Fecombustíveis (Federação Nacional do Comércio de Combustíveis e de Lubrificantes).
“Não tem saída. Com a produção menor do que o consumo, o preçosobe”, previu José Alberto Paiva Gouveia, presidente do Sincopetro (Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Estado de São Paulo).
A carência de etanol é consequência da criseeconômica de 2008. Faltou dinheiro para investimentos na indústria e nos canaviais. Depois veio a seca de 2010, duas geadas em 2011 e um florescimento nas plantações de cana, o que também contribuiupara a diminuir a  produção de álcool.
 
Carros flex/ Outros números divulgados pela Unica dão conta de que houve uma queda de 28,7% na produção de etanol hidratado na safra 2011/2012, na comparaçãocom a anterior. Por outro lado, a entidade registrou um crescimento de 18,15% na produção de etanol anidro.
O hidratado é o álcool combustível. O anidro é aquele misturado à gasolina. Os proprietáriosde carros flex  têm ajudado a equilibrar a situação. Quando o álcool ultrapassa os 70% do preço da gasolina, é mais vantajoso  consumir o derivado do petróleo. É o que está acontecendo agora.
“Aoferta de etanol é inferior à necessidade dos veículos flex. Isso faz a procura por gasolina aumentar”, disse Sérgio Prado, representante da Unica em Ribeirão Preto (SP). Ele não está preocupado. Acha...
tracking img