Exame de geografia 10/11

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2326 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Matéria 10º ano
Distribuição da população portuguesa:
* Factores físicos: clima, posição geográfica, relevo e fertilidade do solo
* Factores físicos: cima ameno, preferência pelas planícies, fornecimento de águas ás populações, rios como vias de comunicação, potencialidades do mar, temperatura amena, chuvas abundantes
* Factores humanos: actividades económicas, vias de comunicação,acessibilidades, urbanização (industria e criação de emprego/empresas)
* Factores humanos: industrialização (proporciona melhores ofertas de emprego – êxodo rural), terciarização (manutenção do emprego urbano), vias de comunicação (eixos rodo-ferroviários), recursos do subsolo (exploração cria emprego)
* Concentração da população no Litoral (Grande Lisboa e Grande Porto)
Problemas dadistribuição da população
* Despovoamento no interior: fluxo migratório e êxodo rural (interior -litoral)
* Bipolarização: centros – Lisboa e Porto
* Litoralização: concentração demográfica e das actividades económicas no Litoral – oposição ao interior
* Interior: desertificação humana, processo de envelhecimento, declínio económico, abandono dos campos, diminuição do consumo, fecho deescolas, estagnação das regiões, venda de terras
* Litoral: crescimento descontrolado das áreas urbanas, trânsito, insegurança, má qualidade de vida e ruptura dos equipamentos, menos espaço, o mercado não consegues acompanhar a concorrência – menos mão-de-obra – desemprego.
Multifuncionalidades do espaço rural:
Só será possível esbater os contrastes entre as áreas rurais e as áreas urbanasatravés do desenvolvimento económico e social, do acesso a melhores condições de vida e a actividades das empresas.
As áreas rurais junto ao litoral apresentam forte dinamismo económico, representam áreas densamente povoadas, urbanizadas e ocupada, a agricultura é moderna, virada para o mercado e marcada pela pluriactividade de mão-de-obra.
No interior, as áreas rurais sofrem de: envelhecimento,despovoamento, baixa instrução e qualificação, oferta insuficiente de serviços e equipamentos e um baixo nível de vida, tendo assim menos capacidade de atrair e fixar população.
As áreas rurais tê recursos valiosos para o desenvolvimento (potencialidades) como por exemplo: o património a nível da paisagem, ambiente, história, cultura ou arquitectura, contribuindo para uma identidade de umaregião ou do país.
Deste modo, percebemos que o desenvolvimento é um dos pilares da PAC.
A multifuncionalidade está assim associada á diversificação ao nível das actividades económicas, promotora da pluriactividade á qualidade de vida e á preservação dos recursos.

Pontos fracos das áreas rurais:
* Envelhecimento da população
* Baixo nível de qualificação
* Exploração de pequenasdimensões económicas
* Falta de emprego
* Abandono de terrenos agrícolas
* Carência de equipamentos
* Insuficiência de rede de transporte
* Baixo poder de compra
Potencialidades:
* Património histórico (rico e diversificado)
* Valor paisagístico
* Baixo nível de poluição
* Preservação ambiental
* Tendência para a melhoria das infra-estruturas
* Saber fazertradicional
Oportunidades:
* Produtos de qualidade
* Actividades de lazer
* Valorização de energias renováveis
* Preservação dos recursos naturais e do ambiente
Valências do desenvolvimento rural sustentável:
* Económica – produtora de bens do mercado
* Ambiental – produtora de serviços e gestora de recursos e território
* Social – actividades e rendimento
Turismo:
Oaumento do turismo deve-se ao desenvolvimento dos meios de transporte, á melhoria do nível de vida e às regalias sócias.
Esta actividade é potencializadora do desenvolvimento das regiões porque: promove o desenvolvimento da restauração e da hotelaria, impulsiona a construção civil, dinamizada o sector de transportes, desenvolve os serviços e o artesanato e contribui para a preservação do...
tracking img