Evoluçao historica da enfermagem em portugal

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3240 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Anos 70
Nos anos 70, os cuidados de enfermagem eram prestados na sua maioria por auxiliares.
Estes profissionais, não tinham um reconhecimento formal das suas competências:
* Nível remuneratório;
* Oportunidades de formação profissional.
Os enfermeiros do curso geral tinham por sua vez, todo o reconhecimento. Estas assimetrias criaram uma divisão entre os enfermeiros, ditos da práticae os das gestões, isto é; Auxiliar de Enfermagem e Curso Geral, os do curso geral formavam-se em escolas sediadas no Porto, Coimbra e Lisboa e o seu percurso académico preparava-os para ocupar cargos de gestão (Nunes, 2007).
O facto mais evidente da discórdia era a rejeição de tarefas não constitutivas do seu curriculum de curso, destacando-se a ministração de terapêutica por via endovenosa.Paradoxo: se por um lado não queriam ser comandados pelos enfermeiros, a quem já não reconheciam a competência para dirigi-los, na execução prática, por outro lado recusando a ministração de terapêutica endovenosa, mantendo a obrigatoriedade de prepará-las para os outros, estavam a evidenciar, ainda mais, a dependência e comando, que rejeitavam liminarmente (Azevedo, 2006).
Até aqui, os currículosdos cursos serviam para definir tarefas e funções ao mesmo tempo que criavam divisões.
Em 1971, dá-se a reforma dos sistemas educativo e da saúde. E em 1972, com a alteração da Lei de Bases do Sistema Educativo, cria-se o Curso de Promoção dos Auxiliares de Enfermagem com a duração letiva de dois anos e há também o anúncio pelo Ministério da Educação da criação do Curso Superior de Enfermagem.Em Portugal, o número de auxiliares que se formavam anualmente era cinco vezes superiores ao número de enfermeiros com o curso geral.
Em 1973, ouve o 1º congresso nacional de Enfermagem, onde ocorreu a integração do ensino de enfermagem no sistema educativo nacional; a transformação em ensino superior e a Defesa do estatuto profissional. Surge a necessidade de criar uma Ordem dos enfermeirosForam inauguradas Escolas de Enfermagem em todos os distritos do País, exceto Setúbal e Aveiro.(Nunes,2007).
Com a revolução de 1974, há muitas mudanças na sociedade Portuguesa, que se concretizam com uma nova constituição em 1976, onde entre outras coisas se considera que “Todos tem direito a saúde “, e isso seria realizado através da criação de um sistema Nacional de saúde universal, geral egratuito (Nunes, 2007).
O Diploma Legal de 9 de agosto de 1976, alterou profundamente a estrutura e os conteúdos curriculares do curso de enfermagem, dá-se por encerrado formalmente o curso de Auxiliar de Enfermagem dando lugar ao novo curso de Promoção de Auxiliares de Enfermagem com a duração de 8 meses estes tornam-se em Enfermeiros de 3ª Classe (Nunes,2007)
Entre 1974 a 1976,foi solicitado pelos enfermeiros, melhores salários, melhores condições de trabalho e o reconhecimento do exercício da profissão (Nunes, 2007).
Em 1976, os enfermeiros que os cursos de especialização da área de enfermagem passam a ter três áreas distintas, a Gestão de Serviços de Enfermagem, Ensino de Enfermagem e Prática de investigação em Enfermagem (Henriques et al., 2000).
A reforma do ensinode enfermagem deu-se em 1976, e resultou de um trabalho conjunto de escolas e Sindicatos dos Enfermeiros, que efetuaram a revisão curricular do Curso de Enfermagem.
No final da década de 70 são aprovados novos planos de estudos para o curso. Fazem-se estudos sobre a melhoria da qualidade de desempenho dos docentes e sobre a alteração das carreiras de Enfermagem que originam estabilidade,autonomia e desenvolvimento das competências (Nunes, 2007).
O ano de 1976, é um marco de profundas transformações no ensino de enfermagem, até se atingir 1988, data em que se deu a sua integração, no sistema educativo nacional- Ensino Superior Politécnico. Foi também o ano em que ocorreu a grande greve dos Enfermeiros que trouxe muitas mais-valias a estes profissionais.
Sem o empenho entusiasta destes...
tracking img