Evolução da china

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1186 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Evolução do Pensamento Econômico: Breve Retrospecto

1. Introdução

Anteriormente à obra de Adam Smith “A riqueza das nações”, em 1776, a economia do homem tinha que ser orientada através dos princípios gerais de ética, justiça e igualdade, e não existindo um estudo sistemático das relações econômicas.
Surge o conceito de troca com Aristóteles, o preço justo com São Thomas deAquino, condenando os juros.

2. Precursores da teoria econômica

2.1 Antiguidade
Com o trabalho de Aristóteles (384 – 32 a.C), na Grécia Antiga surgem as primeiras referencias conhecidas da Economia, e aparentemente foi o único estudo de administração privada e sobre finanças públicas. Com os escritos de Platão (427 – 347 a.C) e Xenofonte (440 – 335 a.C), encontramos algumas consideraçõessobre ordem econômica.

2. Mercantilismo

Primeira escola econômica, o mercantilismo. Princípios contidos, como fomentar o comercio exterior e entesourar riquezas.
Com a importância dos metais e o acumulo, já começa a evoluir os aspectos mais elaborados sobre a moeda. Assim ocorreram os estímulos a guerras e o Estado assumindo cada vez mais sua posição nos assuntos econômicos.

3.Fisiocracia

Os fisiocratas sustentavam que a terra era a única fonte de riquezas, a partir da obra Tableau Économique, do Dr. François Quesnay, que se trata da divisão da economia em setores, contribuindo para a análise econômica. Quesnay aperfeiçoou e transformou o sistema de circulação monetária inpout-outpout criado no século XX, criado pelo economista russo , Wassily Leontief.

Coma ameaça de falta de alimentos, com muita regulamentação e intervenção governamental, só a terra tinha capacidade de aumentar a riqueza.

4. Os Clássicos

Adam Smith (1723 – 1790)

Adam Smith, no seu livro muito abrangente, em busca de lucrar o máximo, promovendo o bem estar de toda a comunidade mostrando que como uma mão invisível orientasse todas as decisões da economia sem a atuaçãodo Estado.

Principio do liberalismo, com a defesa do mercado como regulador das decisões econômicas de uma nação traria muitos benefícios para a coletividade, independente da ação do Estado.

Um de seus argumentos, é que um dos fatores decisivos para aumentar a produção e divisão do trabalho.

David Ricardo ( 1772 – 1823)

David Ricardo é outro expoente no períodoclássico: Sua análise de distribuição do rendimento da terra foi um trabalho seminal de muitas das idéias do chamado período neoclássico.

É discutido por Ricardo que a renda da terra é determinada pela produtividade das terras mais pobres, e finalizando sua analise a do porque da porque da comercialização das nações entre si.

A resposta das por Ricardo a essas questões constitui umimportante item da teoria do comercio internacional, chamada de Teoria das Vantagens Comparativas.

Seus estudos deram origem a duas correntes antagônicas: a neoclássica e a marxista.

John Stuart Mill (1806 – 1873)

Característica ser o sintetizador do pensamento clássico com seu trabalho principal utilizado para o ensinamento da economia, definindo melhor as restrições, vantagense funcionamento de uma economia de mercado.

Jean Baptiste Say (1768 – 1832)

Economista francês retornou, e ampliou a obra de Smith, surgindo a chamada Lei de Say “A oferta cria sua própria procura”, o aumento de produção se transformou em renda dos trabalhadores e empresários.

Thomas Malthus (1766-1834)

Malthus foi o primeiro economista a sintetizar uma teoriageral sobre a população. O crescimento da mesma dependia da oferta de alimentos.

Na opinião de Malthus, o motivo de todos os problemas, era o excesso populacional. Dois obstáculos que limitam a capacidade do crescimento da população, é a mortalidade e a natalidade.

Malthus advogou o adiantamento de casamento, a limitação voluntária de nascimento nas famílias pobres, e aceitava a...
tracking img