Evangelho: apologia x sincretismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 25 (6112 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
HISTÓRIA DA IGREJA CRISTÃ EVANGÉLICA
 
            Os cristãos evangélicos consideram que a sua história começa na eternidade com Deus Pai, Filho e Espírito Santo e, depois do curso do tempo, retoma esta mesma eternidade, porque a esperança futura de “novos céus e nova terra em que habita a justiça” perpassa todo o cristianismo bíblico. A Igreja de Jesus Cristo será reunida a Ele por toda aeternidade porque faz parte de Cristo como Seu corpo, do qual Ele é a cabeça. É no seio da Trindade que no princípio o homem é criado à imagem e semelhança do Criador. O homem e a mulher têm os traços de Deus. Foram criados para viverem na intimidade do Senhor do Universo.
 
Ou somos produto da matéria e da energia segundo o acaso e o acidente, e temos neles a divindade suprema que produziu tudo oque conhecemos e o que não conhecemos no infinitamente grande do universo e no infinitamente pequeno dos elementos do átmo; ou somos criação de um Deus pessoal que a Si mesmo se deu a conhecer na pessoa de Jesus Cristo. Segundo as evidências disponíveis e em fé assumimos de espírito, alma e corpo inteiros a segunda opção e não consideramos sequer a primeira uma alternativa válida. Há muita coisaque ainda não sabemos, existem muitas perguntas em aberto; mas sabemos o suficiente para acreditar em Jesus Cristo e, segundo o Seu ensino, em toda a Bíblia, como Palavra de Deus.
 
            Como cristãos evangélicos consideramos a Bíblia digna de todo o crédito, em cada um dos testamentos, na sua vertente histórica; para lá do facto essencial de ser o nosso fundamento único de fé, de doutrinae de prática. Para nós a Bíblia é inspirada, não ditada, por Deus e inerrante em todo o seu conteúdo. Palavra de Deus nas palavras dos homens. Temos uma posição claramente fundamentalista, embora esta posição não possa nem deva ser de modo algum confundida com qualquer tipo de intolerância e muito menos de terrorismo. Respeitamos todas as confissões religiosas mas consideramos que todas elas sãoapenas a expressão humana da busca de Deus, enquanto na Bíblia temos a revelação do próprio Deus que em carne e osso se manifestou entre nós e no qual conhecemos Deus de modo pessoal, sendo que através d’Ele recebemos a presença do Espírito Santo em nós tornando-nos templos nos quais Ele habita. Como revelação de Deus a Bíblia também nos dá uma panorâmica e análise da busca do homem por Deus aolongo dos tempos que é, em si, tantas vezes, resultado da negação do verdadeiro e genuíno ser divino. Porque o homem recusa o Deus verdadeiro inventa para si ídolos que mais não são do que a deificação da criação e nela de si mesmo. Na Bíblia Deus não é confundido com a criação nem um ser longínquo, distante e indiferente para com a humanidade que criou. No texto sagrado da Bíblia Deus é pessoal,existente em três pessoas distintas – Pai, Filho e Espírito Santo.
 
            O Criador de todas as coisas não foi apanhado de surpresa com a desobediência do homem. Desde a eternidade o plano de redenção do homem estava determinado e delineado. No Jardim do Éden Deus revelou o proto-evangelho de que da semente da mulher haveria de nascer Aquele que feriria a cabeça da serpente.
             A História da salvação contida no Velho Testamento é também a História da Igreja Cristã Evangélica. Deus escolheu em Abraão um povo do qual haveria de nascer o Salvador. No patriarca, segundo o decreto divino, seriam abençoadas todas as nações da Terra. A Igreja de Jesus Cristo é constituída por homens e mulheres de todas as nações, de todos os povos, de todas as línguas. Como hoje se diz ela émulticultural, mas na sua diversidade encontramos a singularidade de ser chamado pelo nome do Altíssimo, o nome que é sobre todo o nome.
 
            Desde a Mesopotâmia, passando pelo Egipto, e atravessando os grandes impérios Babilónico, Persa, Medo-Persa, Grego e Romano, chegamos à Palestina de há dois mil anos atrás, quando os anjos anunciaram o nascimento de Jesus Cristo. Ele é o fundador...
tracking img