Eutanásia no brasil e no mundo

DIREITO E BIOÉTICA

(EUTANÁSIA NO BRASIL E NO MUNDO)

EUTANÁSIA

Conceito: é o “ato de proporcionar morte sem sofrimento a um doente atingido por afecção incurável que produz doresintoleráveis”.
Existem quatro tipos de eutanásia: divididos em duas categorias: a voluntária e a involuntária, e a passiva e a ativa.
Ativa: (positiva ou indireta) o paciente recebe uma injeção ou uma dose letalde medicamentos, ou seja, existe um plano direto realizado pelo profissional para o termino da vida do paciente.
Passiva: (omissão) o paciente deixa de receber algo de que precisa para sobreviver, ouseja, com o passar do tempo, conjuntamente com a interrupção de todos e quaisquer cuidados médicos, farmacológicos ou outros, o doente acaba por falecer.
Voluntária: há a participação do paciente,ele coopera com a decisão.
Involuntária: é praticada sem o consentimento ou conhecimento do paciente.
Existe ainda; uma outra classificação para apreciação:
Eutanásia: A Libertadora (aquela queabrevia a dor de um doente incurável), A Piedosa (aplicada a pacientes terminais e em estado inconsciente) e A Eugênia (do tipo que os nazistas praticavam para eliminar indivíduos apsíquicos e associais).Para melhor compreensão um passeio pela História da Eutanásia, até o momento atual.

A discussão a cerca dos valores sociais, culturais e religiosos, envolvendo a eutanásia, em primeiro plano,apareceu na Grécia Antiga (Platão, Epicuro e Plínio) foram os primeiros filósofos a abordarem o tema. Na Grécia Antiga era freqüente à prática da eutanásia entre os cidadãos cansados da carga do Estadoe da existência. Os cidadãos compareciam a presença de um magistrado e expunham para este as suas razões e o desejo de não mais viver, se o magistrado entendesse que havia razões suficientes, dava aautorização para a morte.
Em Esparta, era comum a fim de evitar qualquer sofrimento, ou vir a tornar-se carga inútil, a precipitação do Alto do Monte Taijeto de recém-nascidos malformados,...