Eu sempre feliz

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1197 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Propriedades Periódicas

A variação periódica de algumas propriedades periódicas deve-se às configurações electrónicas, e por isso, à posição dos elementos na tabela periódica.

• Ao longo de um grupo o aumento do número quântico principal das orbitais de valência é a causa predominante da variação gradual das propriedades;
• Ao longo de um período, sendo o número quântico principalconstante, o aumento da carga nuclear é a causa predominante da variação progressiva das propriedades.

À medida que aumenta a carga nuclear, os electrões mais internos são mais atraídos para o núcleo, e, por sua vez, os electrões mais internos ao repelirem os mais externos, exercem uma barreira de protecção sobre estes em relação à atracção ao núcleo. – Efeito de Blindagem.

Os electrões sãoatraídos não pela carga nuclear total, mas pela carga nuclear efectiva – a carga do núcleo diminuída do efeito negativo produzido pelos electrões de blindagem.

Propriedades Periódicas
• Raio Atómico
• Energia de ionização
• Afinidade electrónica
• Electronegatividade
• Carácter Metálico

Raio atómico

É definido como metade da distância entre os núcleos de doisátomos vizinhos do mesmo elemento.

Metais ou Gases nobres – usa-se a distância entre os núcleos de átomos vizinhos numa amostra sólida – Raio de Van Der Waals

Não Metais – usa-se a distância entre os núcleos dos átomos unidos por ligação química – Raio covalente

Assim, O raio Atómico:

| |Aumenta com o número atómico Z, ou seja,de cima para baixo: ao|
|Grupo |aumentar o número quântico principal, n, os electrões ocupam |
| |orbitais com as nuvens electrónicas mais distantes do núcleo. |
| |Diminui da esquerda para a direita: o númeroquântico |
|Período |principal, n, das orbitais exteriores não varia, mas a carga |
| |nuclear aumenta, havendo assim uma contracção da nuvem |
| |electrónica.|

O raio iónico determina-se a partir de uma sequência de iões de carga contrária. O seu valor depende da estrutura cristalina em que o ião se encontra inserido e da natureza e disposição dos iões vizinhos.

Assim, o raio iónico:

|Grupo |Aumenta de cima para baixo. |
|Período|Diminui da esquerda para a direita. |
|Catiões |Menores do que os átomos que lhe dão origem |
|Aniões |Maiores do que os átomos que lhe dão origem |
|Átomos/Iões Isoelectrónicos|O de maior carga nuclear tem menor raio; o de menor carga |
| |nuclear tem o maior raio |

Energia de Ionização

É a energia mínima necessária para retirar um electrão de um átomo de um elemento no seu estado fundamental. Para a 1ª energia de ionização (I1)parte-se do átomo neutro.

A 2ª energia de ionização (I2) de um elemento é a energia necessária para remover um electrão de um catião, no estado gasoso, com carga unitária.

As energias de ionização sucessivas vão aumentando, pois à medida que aumenta a carga positiva do ião as repulsões entre electrões diminuem, nas sucessivas perdas de electrões.

Os gases nobres têm valores de 1ª...
tracking img