Prevalência da anemia e deficiências nutricionais,
através de diferentes parâmetros laboratoriais, em
mulheres grávidas atendidas em dois serviços de
saúde pública no Rio Grande do Sul
Anemiaprevalence and nutritional deficiencies, through different laboratory parameters, in pregnant women assisted in two services of public health in Rio Grande do Sul
Caroline Dani1, Simone Rossetto1,Simone M Castro2 & Sandrine C Wagner1
RESUMO - A anemia é um estado caracterizado pela redução nos parâmetros hematológicos, entre eles hemoglobina e hematócrito,
a qual pode ser ou não seguido peladeficiência de micronutrientes essenciais, entre eles ácido fólico, a vitamina B12 e/ou o ferro. Entretanto, esta deficiência é um problema ao diagnóstico correto da anemia, desde que este estado écaracterizado por ajustes fisiológicos a fim fornecer uma adaptação melhor ao bebê. Neste estudo foram avaliadas 102 gestantes, de períodos gestacionais diferentes,
atendidas em serviços públicos do RioGrande do Sul. Este estudo teve por finalidade pesquisar os níveis de anemia através de exames laboratoriais, os quais buscaram avaliar os parâmetros hematológicos, bem como dosar as quantidades deferro, vitamina B12 e
ácido fólico. Através dos resultados pode-se observar que apenas 13,6% das grávidas foram consideradas anêmicas, quando utilizado
valor de hemoglobina inferior a 11g/dl. Entretantoquando avaliada a deficiência de ferro, 38.2% foram consideradas ferropênicas,
utilizando-se valores de ferritina inferiores a 15 ng/ml. Apesar de mais estudos serem necessários, estes resultadosmostram que sempre quando avaliada a anemia em gestantes, deve-se optar por mais de um método laboratorial, a fim de melhorar a qualidade de vida tanto da mãe quanto do bebê.
PALAVRAS-CHAVE -gestantes- anemia- micronutrientes- deficiência – ferro- vitamina B12- ácido fólico
SUMMARY - Anemia is a state characterized by the reduction in haematologic parameters, i.e. hemoglobin and hematocrit,... [continua]

Ler trabalho completo

Citar Este Trabalho

APA

(2013, 11). Eu não assudi o que você disse. A palavra em destaque não existe na nossa língua. Porém, é possível saber a que classe gramatical essa palavra pertenceria se existisse. Ela seria:. TrabalhosFeitos.com. Retirado 11, 2013, de http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Eu-N%C3%A3o-Assudi-o-Que-Voc%C3%AA/44926882.html

MLA

"Eu não assudi o que você disse. A palavra em destaque não existe na nossa língua. Porém, é possível saber a que classe gramatical essa palavra pertenceria se existisse. Ela seria:" TrabalhosFeitos.com. 11 2013. 2013. 11 2013 <http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Eu-N%C3%A3o-Assudi-o-Que-Voc%C3%AA/44926882.html>.

MLA 7

"Eu não assudi o que você disse. A palavra em destaque não existe na nossa língua. Porém, é possível saber a que classe gramatical essa palavra pertenceria se existisse. Ela seria:." TrabalhosFeitos.com. TrabalhosFeitos.com, 11 2013. Web. 11 2013. <http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Eu-N%C3%A3o-Assudi-o-Que-Voc%C3%AA/44926882.html>.

CHICAGO

"Eu não assudi o que você disse. A palavra em destaque não existe na nossa língua. Porém, é possível saber a que classe gramatical essa palavra pertenceria se existisse. Ela seria:." TrabalhosFeitos.com. 11, 2013. Acessado 11, 2013. http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Eu-N%C3%A3o-Assudi-o-Que-Voc%C3%AA/44926882.html.