Etnomusicologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3526 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Origem

Origem etimológica (tem vindo a ser a ciência do outro); Etno – povo Logia – discurso; atribuição do nome a esta disciplina é muito recente
“Abordagem da música enquanto facto cultural e social” Grove / “A etnomusicologia estuda a música das civilizações primitivas e dentro da Europa a música rural” Lopes Graça - hoje em dia a etnomusicologia estuda a música enquanto facto social. Aetnomusicologia e a sociologia é uma distinção cada vez menos nítida.




Musicologia histórica- estuda a música de autor. Música erudita da civilização ocidental, músicas que dispuseram de um sistema de transmissão - a escrita. Passaram de geração em geração pela transmissão escrita (ex: canto gregoriano).


Etnomusicologia- estuda músicas anónimas; músicas extra-europeias oueuropeias de contexto rural, baseadas na tradição oral, não escritas; a música tradicional (podem ter sido escritas depois em cancioneiros).





Musicologia Histórica


- História da música ocidental (erudita)
- Beethoven, Bach,...
- Kultürvolker (povos de cultura)
- Tradição escrita


Etnomusicologia


- Música do mundo
- Autores anónimos; sociedades semhist.
- Natürvolker (povos da natureza)
- Tradição oral



• Dialéctica (povos primitivos e povos civilizados). Por trás desta dicotomia está a ideia de que há na História uma única linha de evolução. Há povos que correram a nível civilizacional e outros que ficaram para trás. A razão que está por detrás da Musicologia Histórica tem a ver com o desenvolvimento da etnografia. Os povosditos primitivos permaneceram em etapas anteriores, pelas quais nos países civilizados já estavam superadas. As sociedades sem história têm por detrás a ideia de que houve sociedades que evoluíram e outras que estagnaram, e é este pressuposto da evolução que está por detrás da etnomusicologia por um lado e musicologia histórica por outro.



Os estudos etnomusicologicos englobam 3 áreasdiferentes:
- etnomusicologia geral – a etnomusicologia de modo lato (todas as culturas).
- estudos regionais – etnomusicologia regional. Música tradicional de uma região (ex: etnomusicologia portuguesa).
- estudos históricos – englobam a história da etnomusicologia e os trabalhos de outros etnomusicólogos (etnomusicologia já feita por alguém). Nos anos 80 há já quem recolha música.Pode-se estudar também o que fez o Estado Novo com o folclore português.
• Nenhum etnomusicólogo conhece todas as tradições musicais do mundo.
• A música cumpre funções
• É uma arte que se iguala a si própria
• O gesto musical é sempre feito com o corpo, é universal
• A etnomusicologia é uma ciência interdisciplinar
*Etnomusicologia histórica – quando estudamosetnomusicologia já feita por alguém



História do nome – é muito recente (anos 50). Desde as últimas décadas do século XIX que esta disciplina tem uma variedade de nomes nomes:
- 1885 – Guido Adler – musicologia comparada (a mais frequente)– porque ia estudar música que estava fora da música considerada arte (música erudita ocidental), que tinham origem em regiões diferentes, com ideais diferentes;comparavam-nas
- música primitiva / popular
- folclore musical
- etnografia musical
- antropologia musical (nos EUA)
Condições históricas para o aparecimento da etnomusicologia como ciência


- Jaap Kunst - investigador holandês, especialista em música indonésia.
- primeiro a usar a palavra etnomusicologia, na 1ª edição do seu livro deu o nome de “Musicologia” e 2ª edição“Etnomusicologica” (1955). O nome foi rapidamente aceite e usado.

O departamento musical de organologia de Paris passou em 1955 a departamento de etnomusicologia. Esta nasce marcada por uma situação de etnocentrismo (tendência para avaliar os outros povos segundo os nossos próprios valores). Crença em paradigmas – coisas pelo qual nós julgamos as coisas. ( fascínio pelo outro, curiosidade...
tracking img