Etnia: resgate cultural de uma escola quilombola e sua influência no processo de aprendizagem de seus educandos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1498 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
PROBLEMATICA

Por razões históricas, torna-se imprescindível resgatar os aspectos culturais no processo de aprendizagem de um povo, entre tanto percebe-se que há ainda equívocos a serem superados.
Na maioria das instituições, em especial nas escolas acaba por não valorizar suas lutas, e processos de resistências a cultura quilombola, inutilizam conceitos na hora de transmitir conhecimento ecom isso geram a falta de identidade de cidadãos quilombolas e impedem seu processo educativo.
Esta situação decorre por falta de conhecimento de seus direitos na comunidade quilombola? Houve a implementação de políticas educacionais nas escolas quilombolas?
A gestão educacional está preocupada em atender as especificidades da comunidade quilombola? Os educadores têm subsídios para inserir ostemas da história e da cultura afro-brasileira no plano de ação da escola?



JUSTIFICATIVA


Este projeto tem por finalidade o resgate da cultura afrodescendente na educação por haver necessidade de todos receberem uma educação igualitária.
A abolição de escravatura significou diversos fatores e problemas as quais os escravos tiveram que passar ao serem lançados a sociedade, e muitosdesses problemas persiste até hoje, faz-se necessário o resgate social, político, econômico, religioso e cultural em Itapecuru-Mirim, precisamente nas comunidades quilombolas.
A Lei 10.639/03 foi homologada com o intuito de promover uma nova abordagem no ensino, trazendo constantes mudanças e inclusão dentro da sociedade.
Busca-se um resgate e reflexão dentro das instituições de ensino, onde oeducando possa construir uma auto-imagem e auto-conceito para que assumam sua verdadeira identidade etino-racial fundada nos valores étnicos e culturais.
A mudança tem ocorrido de forma lenta, mas os movimentos sociais buscam junto as instituições públicas encontros que questionam as relações étnico-raciais de forma a garantir a determinação da lei através da revisão dos currículos escolares,qualificação de professores e um constante aperfeiçoamento pedagógico sobre o ensino de história e cultura afro-brasileira.
A educação, portanto, constitui-se como uma forte reivindicação das organizações ao longo da história de nosso país.


OBJETIVOS


Objetivo Geral


 Resgatar a cultura quilombola, como fator determinante para aumentar o nível da qualidade do processo ensinoaprendizagem dos educandos.

Objetivos Específicos


 Possibilitar que todos tomem conhecimento do verdadeiro processo de luta e resistência do povo negro à escravidão;
 Resgatar a influência da cultura africana no contexto escolar através da Lei 10.369/03;
 Conhecer a realidade de uma comunidade quilombola e vivenciar seus costumes e tradições, resgatando-os dentro do contexto escolar;ETNIA: Resgate cultural de uma escola quilombola e sua influência no processo de aprendizagem de seus educandos


Estamos vivendo um período de quebra de paradigmas onde a heterogeneidade é fator determinante, a superação histórica do negro se dá na luta por seus direitos, a educação assume papel desafiador, os avanços da tecnologia tornam o processo educacional em constante movimento, asuniversidades contribuem na qualificação dos profissionais da educação onde são indivíduos ativos transformadores e conscientes de sua cidadania e, desse modo percebe-se que nada mais é do que a real vivência de um povo sofrido em busca de seus direitos e o reconhecimento e valorização de sua cultura.
O vinculo entre a educação com as relações étnico-racial sendo um processo que implica trocas, nos fazcrer que a leitura de uma escrita só tem sentido se ela também se constitui desta forma: troca entre pessoas, entre fatos, ou seja, entre o escrito e o vivido.
Com a promulgação da Lei 10.639/03, que alterou a Lei 9.394/1996 estabelece a obrigatoriedade do ensino de história e cultura afro-brasileira e africana, somos todos e todas, chamados a rever nossas práticas pedagógicas haja vista que a...
tracking img