Etica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 47 (11742 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE NOVE DE JULHO - UNINOVE






PROFA. THAÍS BALEEIRO DOS SANTOS




APOSTILA DE APOIO – DISCIPLINA:
ÉTICA PROFISSIONAL E EMPRESARIAL



CURSO: FORMAÇÃO ESPECÍFICA EM ADM.RH


São Paulo
2012.2

 Primeiramente, precisamos falar da importância do outro para falarmos de ética ? Porque ?



A ética surge a partir do modo como se estabelece a relação comesses diferentes tipos de outro. Pode fechar-se ou abrir-se ao outro, pode querer dominar o outro, pode entrar em um aliança com ele, pode negar o outro como alteridade, não respeitando-o, mas incorporando-o, submetendo-o ou, simplesmente destruindo-o. (BOFF, 2003a)

































TUDO BEM, FILHO, TODO MUNDO FAZ ISSO
Jack Griffin -

Johnny tinhaseis anos de idade e estava em companhia do pai quando este foi flagrado em excesso de velocidade. O pai entregou ao guarda, junto à sua carteira de habilitação, uma nota de vinte dólares. "Está tudo bem, filho", disse ele, quando voltaram à estrada. "Todo mundo faz isso".

Quando tinha oito anos, deixaram que ele assistisse a uma reunião da família, dirigida pelo tio George, sobre as maneirasmais seguras de sonegar o imposto de renda. "Está tudo bem, garoto", disse o tio. "Todo mundo faz isso".

Aos nove, a mãe levou-o pela primeira vez ao teatro. O bilheteiro não conseguiu arranjar lugares até que a mãe de Johnny lhe deu, por fora, cinco dólares. "Está tudo bem, filho", disse ela. "Todo mundo faz isso".

Com doze anos, ele perdeu os óculos a caminha da escola. A tia Francineconvenceu a companhia de seguros de que eles haviam sido roubados e recebeu uma indenização de 75 dólares. "Está tudo bem, garoto", disse ela. "Todo mundo faz isso".

Aos quinze, foi escolhido para jogar como lateral-direito no time de futebol da escola. Os treinadores o ensinaram como obstruir e, ao mesmo tempo, agarrar um atacante adversário pela camisa sem ser visto pelo juiz. "Tudo bem, garoto",disse o treinador. "Todo mundo faz isso".

Aos dezesseis, Johnny trabalhou num supermercado durante as férias de verão. Seu trabalho: colocar as frutas maduras demais ou estragadas no fundo das caixas e distribuir por cima as frutas mais bonitas, para ludibriar os fregueses. "Tudo bem, garoto", disse o gerente. "Todo mundo faz isso".

Na mesma época, Johnny e um vizinho candidataram-se a umabolsa de estudos. O vizinho era o primeiro da classe, mas era órfão de pai. Johnny era um estudante medíocre, mas seu pai era presidente da associação dos ex-alunos do colégio. Johnny ganhou a bolsa. "Está tudo bem, filho", disseram os pais. "Todo mundo faz isso".

Quando tinha dezoito anos, um colega mais adiantado lhe ofereceu, por cinqüenta dólares, as questões que iam cair numa prova final."Tudo bem, amigo", disse ele. "Todo mundo faz isso".

Flagrado colando, Johnny foi expulso da sala. Ameaçado de perder o ano, voltou para casa com o rabo entre as pernas. "Como foi que você pode fazer isso com sua mãe e comigo?", gritou o pai verdadeiramente possesso. "Você nunca aprendeu essas coisas em casa". O tio George e a tia Francine também ficaram envergonhados do sobrinho colador, eproibiram que sua filha continuasse saindo com a turma de Johnny.


Se há uma coisa que o mundo adulto não pode tolerar, é passar vergonha por causa de um garoto que cola nos exames...

(Atualizado com base no artigo do Chicago Sun Times)
Qual a principal reflexão, que você, abstrai dessa história?
Iniciamos esse trabalho com conceitos fundamentais para o entendimento da disciplina. Éimportante ressaltar, que o objetivo principal é, estimular, a ação reflexiva do aluno em relação as práticas da ética nas ações tradicionais do cotidiano da vida, nas questões pessoal, profissional e empresarial. Visa também, propiciar o desenvolvimento com base na capacidade de decisão obtendo, como referência os valores éticos e morais como agente de transformações e mudanças sociais. Ética vem do...
tracking img