Etica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1622 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
* 2° Bimestres *
Filme: A pele que habito
Questionário
1- O personagem Robert comete uma serie de atos que podem ser considerados imorais e antiéticos. Identifique-os no filme citando a cena.
2- Como você vê a relação de poder estabelecida entre o medico e sua cobaia? Pode-se estabelecer um paralelo com a realidade dos consultórios de cirurgia plástica e clinicas de estética? Explique suaposição.
3- Faça um comentário livre sobre a atividade e o filme.
4- Explique o ponto de vista ético a rejeição que o medico sofre por parte da comunidade cientifica ao expor sua pesquisa.

Assedio Moral e Assedio Sexual
O assedio moral e sexual no trabalho caracteriza-se pela exposição dos trabalhadores a situações humilhantes e constrangedoras, repetitivas e prolongadas durante a jornada detrabalho e relativas ao exercício de suas funções.
Tais praticas evidenciam-se em relações hierárquicas autoritárias, em que predominam condutas negativas, relações desumanas e antiéticas de longa duração, de um ou mais chefes, dirigidas a um ou mais subordinados, entre colegas e, excepcionalmente, na modalidade ascendente (subordinado x chefe), desestabilizando a relação da vitima.

AssedioMoral
São atos cruéis e desumanos que caracterizam uma atitude violenta e sem ética nas realizações de trabalho, praticada por um ou mais chefe contra seus subordinados.
Trata-se da exposição de trabalhadores (as) a situações vexatórias, constrangedoras e humilhantes durante o exercício de sua função.
É o que chamamos de violência moral.
Esses atos visam humilhar, desqualificar edesestabilizar emocionalmente a relação da vitima com a organização e o ambiente de trabalho, o que põem em risco a saúde, a própria vida da vitima e seu emprego.
A violência moral ocasiona desordens emocionais, atinge a dignidade e identidade da pessoa humana, altera valores, causa danos psíquicos (mentais), interfere negativamente na saúde, na qualidade de vida e pode ate levar a morte.
Principais alvos:- Mulheres
- Homens
- Raça/etnia
- Orientação sexual
- Doentes e acidentados
Objetivos e estratégias do assediador: desestabilizar emocional e profissionalmente; escolher a vitima e isolá-la do grupo, impedir que a vitima se expresse e não explicar o porque; fragilizar, ridicularizar, inferiorizar, menosprezar em seu local de trabalho; culpar/responsabilizar publicamente, levando oscomentários sobre a incapacidade da vitima, muitas vezes, ate o espaço familiar; destruir emocionalmente a vitima por meio da vigilância acentuada e constante; impor a equipe sua autoridade para aumentar a produtividade.
Mulheres e homens reagem de forma diferente ao assedio.
Mulheres: são humilhadas e expressam sua indignação com choro, tristeza, ressentimentos e magoas. Sentimento de inutilidade,fracasso e baixa auto-estima, tremores e palpitações, insônia, depressão e diminuição do libido são manifestações características desse trauma.
Homens: sentem-se revoltados, indignados, desonrados, com raiva, traídos e tem vontade de vingar-se. Idéias de suicídio e tendências ao alcoolismo, sentem-se envergonhados diante da mulher e dos filhos, sobressaindo o sentimento de inutilidade, fracassoe baixo auto-estima.
O que fazer?
- Resistir, anotar, com detalhes, todas as humilhações sofridas: dia, mês, ano, hora, local/setor, nome do agressor, colegas que testemunharam os fatos, conteúdo da conversa, e o que mais achar necessário.
- Dar visibilidade, procurando ajuda dos colegas, principalmente daqueles que testemunharam o fato ou que sofrem humilhações do agressor.
- Evitarconversa, sem testemunhas, com o agressor.
- Procurar o sindicato e relatar o caso.
- Buscar apoio junto a familiares, amigos e colegas.

Conseqüências do assedio moral
Perdas para a empresa:
- Queda da produtividade e menos eficiência, imagem negativa da empresa perante os consumidores e mercado de trabalho.
- Alteração na qualidade do serviço/produto e baixo índice de criatividade.
- Doenças...
tracking img