Estudos das politicas públicas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1317 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O artigo faz com que saibamos as origens e dimensões dos estudos das políticas publicas, para que haja um melhor entendimento, as políticas públicas começaram a ser estudadas no final do século XX com a crise do estado social nos campos econômicos, sociais e políticas. Sabemos que o estado era fortemente questionado sobre suas funções e eficácias de suas ações, sendo responsabilizados pelosucesso ou fracasso.
No inicio as políticas publicas eram quase que de uso exclusivo do sistema político para que fossem feitos suas bases.
Nos Estados Unidos as pesquisas se iniciaram no inicio de 1950, com o nome de processo político, na Europa começou no inicio de 1970, nessa data as unidades de analise chega à definição de políticas publicas.
No Brasil os estudos na área de políticas publicas éa mais recente, referente as citadas acima, com inicio nos 1980.
Sabe-se ainda, que existe muita coisa a serem estudadas sobre políticas públicas, para assim serem avaliados seus impactos e efeitos colaterais na sociedade.

1ª Parte
No Brasil as políticas publicas começam a ser construídos na década de 1980, devido as mudanças políticas ocorridas na época.
As mudanças aconteceram por etapas,sendo que houve alguns destaques dessas mudanças, onde podemos citar os pontos mais importantes.
- a agenda publica mudou e se formou diante do modelo de desenvolvimento do Brasil, sendo que as discussões se limitavam a ação do regime ditatorial, foi ai que com a descentralização, participação e transparência e uma nova definição de mis publico privado nas políticas, aconteceu a descoberta deuma nova agenda de pesquisas das políticas públicas.
- os obstáculos oriundos do autoritarismo descobriram-se que obstáculos nas políticas sociais ainda persistiam, sobre as políticas. Fazendo assim com que o Estado se interessasse mais pelas ações públicas.
- com a divisão da agenda internacional da idéia de reforma do Estado e do aparelho de Estado passou a ser o organizador da agenda públicanos anos de 1980-90, provocaram um grande interesse de estudo em políticas públicas.
É fato que tem se visto um enorme crescimento dos estudos das políticas públicas no Brasil.

2ª Parte
Avaliar significa agregar valores a alguma coisa.
Alguns estudiosos falam que, não existem fatores reais em relação ao que se refere avaliação de políticas públicas, porque o conceito engloba muitasdefinições contraditórias. As políticas publicas é destacada por diversas disciplinas, instituições e executores, abrindo diversas questões de necessidades e pessoas.
O Comitê de Assistência ao Desenvolvimento da OCDE afirma que a avaliação é fato determinante a permanência dos objetivos alcançados.
O ato de avaliar tem o poder de garantir as informações com precisão, para assim influenciar no processo detomada de decisões, para melhorar as políticas públicas.
Observa-se que no setor público não foi tomada nenhuma iniciativa para avaliar as reformas, encontra-se, certa resistência para tais avaliações. Para o poder público avaliação pode significar problemas com a população e a imprensa, mas por outro lado o governo pode usá-la a seu favor garantindo através da avaliação que fez uma boa política.3ª Parte
Os estudos de avaliação desenvolveram-se em diversas fases.
Existe varias maneiras de se avaliar a evolução do papel atribuído ao que se refere à pesquisa avaliativa, desde a explosão da avaliação de políticas públicas nos Estados unidos na década de 60, a partir daí sentiu-se a necessidade de avaliação das políticas públicas.
Uma classificação se divide em três importantes partes:informação, realocação e legitimação, usando esses três tópicos para melhorias dos programas, e os gerentes mostravam-se muito interesse em usar as avaliações como base para suas opiniões.
Na década de 90 no ponto forte da política, a avaliação de política passa a ser de legitimação, essa mudança teria sido causada por fatores político-econômicos, havendo também mudança dos atores dominates....
tracking img