Estudo solos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2505 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA CAMPUS COLATINA COORDENADORIA DE CONSTRUÇÃO CIVIL

MECÂNICA DOS SOLOS NOTAS DE AULA CAPÍTULO 1 – PROPRIEDADES E CLASSIFICAÇÃO DOS SOLOS E ROCHAS 1.1 – Introdução 1.2 – Origem e formação dos solos e rochas 1.3 – Classificação dos solos quanto à origem 1.4 – Terminologia de acordo com a textura 1.5 – Propriedades físicasdos solos 1.6 – Relações básicas entre as fases constituintes dos solos 1.1 – Introdução A necessidade do homem trabalhar com solos, encontra sua origem nos tempos mais remotos, podendo-se mesmo afirmar ser tão antiga quanto a civilização. Constate-se, entre outros, os problemas de fundações e de obras de terra que surgiram nas grandes construções (pirâmides do Egito). No entanto, nos primeirostrabalhos sobre o comportamento quantitativo dos solos, são encontrados somente a partir do século XVII. Uma série de numerosos acidentes, como escorregamentos de terra, ruptura de barragens, ocorridos no fim do século XIX e princípios do século XX, veio mostrar a inadequada percepção dos princípios até então admitidos e por outro lado a insuficiência de conhecimentos para a tomada de nova orientação.Face às lições desses acidentes e às contribuições a que deram lugar ao esforço para compreendê-los e estudá-los, surgiu uma nova orientação para o estudo dos solos. Nascia então a Mecânica dos Solos, que pode ser definida como “a ciência que aplica as leis da mecânica e da hidráulica no estudo do comportamento e propriedades dos solos cujos problemas estejam relacionados com a engenharia”. Oobjetivo da Mecânica dos Solos é substituir por métodos científicos, os métodos empíricos de projetos aplicados, no passado, na engenharia de fundações e obras de terra. A definição do que é solo depende, em muitos casos, de quem o utiliza. Na agricultura o solo é a camada de terra tratável, que suporta as raízes das plantas. Para a engenharia: - SOLO: é qualquer agrupamento de partículas fracamenteou não cimentadas formado geralmente por intemperismo de rocha. - ROCHA: é definido como um material endurecido que para ser escavado necessita de explosivos e outros procedimentos de “força bruta”. Alguns autores preferem diferenciar solos e rochas pela sua resistência à compressão: - SOLO: Resistência à compressão < 15.0 kg/cm2 - ROCHA: Resistência à compressão ≥ 15.0 kg/cm2 O solo, sob o pontode vista da engenharia geotécnica, poderá ser utilizado tanto em suas condições naturais quanto como material de construção. Em sua condição natural será usado como elemento de suporte de uma estrutura ou como a própria estrutura, nem sempre sendo possível melhorar suas propriedades de forma econômica. Na Tabela 1.1 estão indicados, resumidamente, alguns aspectos de utilização do solo em suacondiçao natural e como material de construção.

Mecânica dos Solos

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA CAMPUS COLATINA COORDENADORIA DE CONSTRUÇÃO CIVIL

CONDIÇÃO NATURAL

MATERIAL DE CONSTRUÇÃO

ESTRUTURA Edifícios, pontes, viadutos PAVIMENTO Piso industrial, pátio, estrada, aeroporto FUNDAÇÃO ESTRUTURA Casa de força, tubulações, galerias ENTERRADA ATERROBarragem, estrada SOLO CORTE Estrada, mineração ESTRUTURAL VALA Galeria ATERRO Barragem BASES E SUB BASES Estrada, pátios Tabela 1.1 – Utilização do solo na Engenharia Civil

1.2 - Origem e formação dos solos e rochas Os solos podem também ser conceituados de uma maneira mais generalizada, abrangendo aspectos de sua origem e formação geológica. Deste modo, o conceito genético de solo caracterizasecomo produto resultante do intemperismo físico e químico das rochas. Segundo o conceito exposto, a ação dos agentes do intemperismo, como os ventos a água e a temperatura atuando sobre as rochas provocam sua desintegração, cuja decomposição final transformam-nas em solos. A destruição das rochas ao longo dos tempos se dá por ação dos agentes químicos e físicos, denominados agentes do intemperismo....
tracking img