Estudo polo artesanal pernambuco e olinda

Páginas: 10 (2280 palavras) Publicado: 30 de outubro de 2011
PÓLO ARTESANAL DE PE - OLINDA

INTRODUÇÃO À ADMINISTRAÇÃO
PROJETO “PERNAMBUCO É O PRISMA”

[pic]

“Pernambuco é referência no Brasil e estrangeiro
O nosso artesanato dá de 10 o tempo inteiro
A história e nossa fé talhada pelos santeiros

O que antes era dito um negócio de coitados
Muitos querem exportar, é um corre-corre danado
O artesão ganha dinheiro achando tudo engraçado”(Cordel FENNEART- AD/DIPER)

SUMÁRIO

1. Introdução.........................................................................................................Pág. 4
2. O artesanato no Brasil......................................................................................Pág. 5
3. Pernambuco e o Artesanato.............................................................................Pág.6
4. Olinda.................................................................................................................Pág. 9
1. Histórico.......................................................................................................Pág. 10
2. Artesanato....................................................................................................Pág. 11
3.Economia......................................................................................................Pág. 12
4. Pólos Comerciais.........................................................................................Pág. 14
5. FENNEART.......................................................................................................Pág. 16
6.Dificuldades........................................................................................................Pág. 17
7. Programas existentes.........................................................................................Pág. 18
8. Importância do Artesanato...............................................................................Pág. 20
9.Conclusão............................................................................................................Pág. 21
10. Referências..........................................................................................................Pág. 22

1. Introdução

Sabe-se que o artesanato é explorado desde o Período Neolítico, e desde lá, só foi aprimorado. Surgiu como uma produção familiar de subsistência e desenvolveu-se como artee fonte de riqueza de diversas regiões.
O artesanato é uma atividade na qual, mediante o uso de habilidades e técnicas se torna possível transformar uma matéria-prima em obra de arte, podendo, muitas vezes, utilizar ferramentas que auxiliem no processo produtivo. Contudo, observa-se que a confecção das peças artesanais é um processo manual, desagregando-se da produção em larga escala. Noentanto, não raramente, o artesanato é confundido com trabalho manual. Em suma, pode-se dizer que todo artesanato é trabalho manual, mas nem todo trabalho manual é artesanato. Isso porque o artesanato transcende a mera confecção manual de objetos, visto que ele é indicador da cultura, folclore, história e costumes de um lugar. Além disso, o artesão transpõe para sua peça os seus traços de personalidade evisão de mundo.
O artesanato poderia ser comparado às figuras totêmicas da pré-história. No período pré-histórico, as sociedades desenvolviam prática de culto a objetos. Então, objetos simples, outrora inanimados, após passarem por um ritual, tornavam-se cultuados e refletiam as características culturais e religiosas desse povo. O trabalho manual seria esse objeto sem valor cultural, e oartesanato, os objetos que se tornaram animados, travestido de forte conteúdo social.
Pernambuco possui o artesanato como parte de sua cultura, atravessando gerações e encantando o mundo, no entanto, ainda precisa de uma maior divulgação. São várias cidades que produzem esse belo trabalho, mas também são muitas dificuldades enfrentadas. Ao longo do trabalho, mapearemos as principais áreas de...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • ESTUDO DO CONSUMIDOS CERVEJAS ARTESANAIS
  • Estudo de Caso
  • Estudos Fitogeográficos em Pernambuco
  • Aspectos histórico-ecológicos do horto d’el rey de olinda, pernambuco
  • ECTOPARASITOS EM Canis familiaris DOMICILIADOS NO BAIRRO DE PASSARINHO – OLINDA – PERNAMBUCO
  • Cachaça artesanal: um estudo sobre a viabilidade da formalização da atividade
  • REDES SOCIAIS COMO UM FATOR DE SUPORTE A INOVAÇÃO NO PÓLO DE CONFECÇÃO DO AGRESTE DE PERNAMBUCO
  • Suape (hub port): polo de desenvolvimento para pernambuco no século xxi

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!